Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCO PRANCACIO ARAUJO DE CARVALHO
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO PRANCACIO ARAUJO DE CARVALHO
DATA: 27/04/2018
HORA: 09:00
LOCAL: PRODEMA/TROPEN/UFPI
TÍTULO: Efeitos socioeconômicos e ambientais no Piauí a partir de sua estrutura regional e do modelo inter-regional de insumo-produto
PALAVRAS-CHAVES: Modelo Insumo-produto. Economia regional. Econometria espacial. Regressão linear. Piauí.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O desenvolvimento de uma nação exige conhecimentos e estratégias adequadas para o enfrentamento das diferenças inter-regionais e intrarregionais, permeadas por problemas complexos e diversos (CAVALCANTE, 2008; DINIZ; CROCCO, 2006; SOUZA, 2006; ISARD, 1956; VON THÜNEN, 1826). Os alertas multidimensionais (sociais, econômicos, políticos e ambientais) em seus níveis locais, regionais, nacionais e globais, indicam a existência de uma rígida estrutura econômica e social, carregada de conflitos, dentre os quais, economia e meio ambiente e, crescimento econômico e desigualdades. Em nível agregado, o capitalismo os revela em sua natureza estrutural (BRESSER-PEREIRA, 2011); também, Salvo et al. (2015) afirma que o modelo econômico brasileiro gera forte pressão sobre o meio ambiente, dilapidação do capital natural das economias mais pobres pelo uso intenso dos bens primários. Já em níveis mais desagregados, como uma unidade da federação, há a necessidade de entender os problemas regionais e apontar soluções, para além do assistencialismo e dos modelos tradicionais de políticas. Nesse sentido, diante de um Brasil desigual em sua economia regional e, de uma unidade da federação Piauí, rica em recursos naturais, mas periférica em termos de desempenho econômico e desigualdades; é que o problema desta pesquisa se consolidou como: quais os efeitos econômicos, sociais e ambientais na estrutura regional e inter-regional da economia do Piauí? Como fulcro resolutivo, o objetivo geral foi analisar o modelo inter-regional de insumo-produto do Piauí e restante do Brasil para o ano de 2011 e, construir modelos econométricos tradicionais e espaciais, como forma de revelar a estrutura das relações econômicas e seus efeitos e; especificamente os objetivos foram: calcular as medidas descritivas da matriz insumo-produto, como multiplicadores de produção e emprego e índices de ligação; medir, pela matriz, o trade-off entre valor adicionado/emprego e o impacto ambiental (consumo de água e emissão de CO2); calcular o efeito regional do emprego e renda, por modelo de regressão múltipla para o Brasil e Piauí e;  medir o grau de associação econômica entre os municípios do Piauí, através de econometria espacial. Para tanto, nos procedimentos metodológicos, utilizou-se o modelo interestadual de insumo-produto para 2011, calculado pelo método IIOAS por Haddad, Gonçalves Junior e Nascimento (2017); construi-se um modelo de regressão linear do  Produto Interno Bruto (PIB) municipal em função do estoque de emprego para o Brasil e Piauí com o software Gnu Regression Econometrics and Time-series Library (GRETL) e dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2014) e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE, 2014), para 2011 e; fez-se a Análise Exploratória de Dados Espaciais e cálculo da autocorrelação entre vizinhos através do I de Moran (ALBUQUERQUE, 2011) pelo software GeoDa e dados do PIB per capita, para 2014 (IBGE, 2016a). Os resultados do modelo matricial sugerem uma dissociação dos impactos econômicos e ambientais da demanda final direta e indiretamente incorporada nos fluxos econômicos associados à economia estatal; o modelo econométrico corrobora ao revelar baixo efeito do emprego sobre a renda e; o modelo espacial, comprova a baixa associação significativa entre as economia municipais do Piauí, exceto na região do agronegócio.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 007.076.033-07 - EMILIANA BARROS CERQUEIRA - UFPI
Interno - 423405 - JAIRA MARIA ALCOBACA GOMES
Presidente - 423289 - JOAO BATISTA LOPES
Externo ao Programa - 047.115.993-04 - JOSE LUIS LOPES ARAUJO - UFPI
Externo à Instituição - MARTA CELINA LINHARES SALES - UFC
Externo à Instituição - VINÍCIUS DE ALMEIDA VALE - UFPR

Cadastrada em: 16/04/2018
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 22/02/2018 - 23/02/2018 · Matrícula para o período 2018.1.
  • 01/03/2018 · Início do período letivo 2018.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 23/04/2018 17:59