Últimas Notícias
Banca de DEFESA: EUGENIA CRISTINA NASCIMENTO MEDEIROS
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EUGENIA CRISTINA NASCIMENTO MEDEIROS
DATA: 03/07/2017
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pós-Graduação do Centro de Ciências Agrárias.
TÍTULO: Análise do padrão de heterocromatina e caracterização morfológica de acessos de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) do banco de germoplasma da UFPI.
PALAVRAS-CHAVES: Análise cariotípica, fluorocromos CMA e DAPI, caracterização das sementes, feijão-fava.
PÁGINAS: 64
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Genética
SUBÁREA: Genética Vegetal
RESUMO:

O presente trabalho teve como objetivo caracterizar citogeneticamente diferentes acessos da espécie P. lunatus L. (o feijão-fava) provenientes do Banco de Germoplasma da Universidade Federal do Piauí (BAG – UFPI) e classificar as sementes, dos mesmos acessos, morfologicamente. As análises citológicas basearam-se nas técnicas de coloração convencional com Giemsa e no bandeamento com os fluorocromos CMA e DAPI. A caracterização das sementes foi feita com base no comprimento, largura, espessura e peso das mesmas. Todos os acessos de feijão-fava apresentaram um conjunto cromossômico com 2n = 22, tamanho cromossômico variando de 0,85 a 3, 14 mm e fórmulas cariotípicas com 11M, 10M + 1SM e 9M + 2SM, reforçando e corroborando com sugestões prévias de que este grupo apresenta uma forte estabilidade cariotípica. Em todos os acessos, foram encontrados blocos de heterocromatina pericentromérica, além de pelo menos dois blocos de HC (heterocromatina) CMAterminal correspondentes às RONs. As bandas de CMA apresentaram brilho e intensidades diferentes e geraram diversas fórmulas quanto à marcação CMA/DAPI, o que permitiu estabelecer uma relação entre o padrão de coloração e a possível classificação das sementes. Nas sementes “Grande Lima” predominaram as fórmulas 22CMA++/DAPI- e 22CMA/DAPI-, enquanto as sementes “Sieva” tiveram as fórmulas 20CMA/DAPI-/2CMA++/DAPI- e 20CMA/DAPI-/2CMA+/DAPI- e “Batata” tiveram as fórmulas 20CMA/DAPI-/2CMA+/DAPI- e 20CMA/DAPI-/2CMA++/DAPI-. A caracterização das sementes sugere que no BAG-UFPI há representantes dos dois grupos: andino e mesoamericano, segundo Mackie, embora com predominância de sementes pertencentes ao grupo “Grande Lima” (14 acessos). Características citológicas como número, tamanho cromossômico e padrão de bandas de HC sugere que todos os acessos compartilham um ancestral comum. O estudo do germoplasma do feijão-fava é importante para o conhecimento da diversidade do grupo e pode gerar informações úteis para programas de melhoramento da espécie P. lunatus visando à conservação dos recursos genéticos vegetais e um maior entendimento sobre a espécie e o gênero.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 002.304.343-12 - LIDIANE DE LIMA FEITOZA - UFPI
Externo à Instituição - PEDRO MARCOS DE ALMEIDA - UESPI
Externo à Instituição - VERÔNICA BRITO DA SILVA - UENF

Cadastrada em: 22/06/2017
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
SIGAA | Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.srvjb02 21/08/2017 12:40