Últimas Notícias
Banca de DEFESA: ALINE MARIA DOURADO RODRIGUES
Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALINE MARIA DOURADO RODRIGUES
DATA: 12/04/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório da pós-graduação
TÍTULO: CAPACIDADE PROBIÓTICA E ADSORÇÃO DE AFLATOXINA B1 POR LEVEDURAS ISOLADAS DE VIVEIROS DE PISCICULTURA
PALAVRAS-CHAVES: Biologia molecular, descontaminação de AFB1, Leveduras probióticas, Sanidade
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
SUBÁREA: Aqüicultura
ESPECIALIDADE: Piscicultura
RESUMO:

As micotoxinas são metabólitos secundários produzidos por fungos dos gêneros Aspergillus, Penicillium e Fusarium que contaminam alimentos e rações animais. As aflatoxinas são micotoxinas produzidos pelos fungos do gênero Aspergilllus, tendo destaque as espécies A. flavus e A. parasiticus, que apresentam propriedades tóxicas à saúde humana e animal. Deste modo, a utilização de adsorventes naturais, como a levedura Sacharomyces cerevisiae, para remoção de micotoxinas apresenta-se como alternativa para minimizar o impacto negativo destes contaminantes. Dessa forma, objetivou-se isolar e identificar leveduras da água e substrato de viveiros de piscicultura que cultivam tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus) e tambaqui (Colossoma macropomum); avaliar in vitro a capacidade probiótica e adsorvente de aflatoxina B1 por cepas Saccharomyces cerevisiae; encapsular S. cerevisiae por spray drying e comprovar a manutenção da sua capacidade descontaminante de aflatoxina B1; demonstrar in vivo o desempenho e a sanidade de alevinos de tilápia-do-Nilo alimentados com rações contaminadas por aflatoxina B1 e adicionadas de S. cerevisiae encapsulada. A identificação molecular das leveduras procedeu primeiramente através da técnica PCR fingerprinting, para agrupamento das cepas de mesmo perfil genético, posteriormente seguiu-se a amplificação da região ITS e sequenciamento do DNA para confirmação das espécies. Somente seis das 30 cepas isoladas foram identificadas como Saccharomyces cerevisiae, assim as cepas A8L1, A8L2, A8L3, S11L2, S12L1 e S12L2 seguiram para os testes in vitro de capacidade de adsorção de Aflatoxina B1 e de avaliação do potencial probiótico pelos testes: autoagregação, co-agregação e atividade antimicrobiana contra bactérias patogénicas, inibição homóloga, resistência a antibióticos e sobrevivência às condições gastrointestinais. Todas as seis cepas apresentaram capacidade probiótica, no entanto apenas as cepas A8L2 e A8L3 tiveram habilidade de adsorver AFB1. Dessa forma, a cepa A8L3 foi escolhida para o encapsulamento por spray drying, no qual os agentes encapsulantes testados foram o amido e a maltodextrina, posteriormente a levedura encapsulada foi armazenada em refrigeração a 4ºC e avaliada a sua viabilidade durante 60 dias. Pode-se comprovar que a S. cerevisiae encapsulada com maltodextrina apresentou-se viável durante o período de armazenamento e também se manteve a propriedade de adsorção de AFB1. A próxima etapa será o ensaio in vivo para avaliação do efeito da S. cerevisiae encapsulada incluída na alimentação de tilápia-do-Nilo com ração contaminada por AFB1.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423411 - MARIA CHRISTINA SANCHES MURATORI
Externo ao Programa - 1167376 - MARIA DE NASARE BONA DE ALENCAR ARARIPE
Externo ao Programa - 2159669 - RAIZZA EVELINE ESCÓRCIO PINHEIRO
Externo à Instituição - ADRIANA MABEL TORRES - UNRC
Externo à Instituição - CARINA MARICEL PEREYRA - UNRC

Cadastrada em: 11/04/2018
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 22/02/2018 - 23/02/2018 · Matrícula para o período 2018.1.
  • 01/03/2018 · Início do período letivo 2018.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/04/2018 17:44