Últimas Notícias
Banca de DEFESA: MAGNO VILA CASTRO JUNIOR
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAGNO VILA CASTRO JUNIOR
DATA: 30/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: SALA 317 CCHL
TÍTULO: HABITAÇÃO SOCIAL LTDA: O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PELA ÓTICA DO CAPITAL CONSTRUTOR NO MUNICÍPIO DE TERESINA – PI (2009- 2016)
PALAVRAS-CHAVES: Capital urbano. Capital construtor. Mercado habitacional. Política Habitacional. Programa Minha Casa Minha Vida.
PÁGINAS: 159
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

O Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) do governo federal tem se destacado como importante política pública habitacional no Brasil. Sua criação se insere num contexto mundial marcado pela crise no sistema capitalista do ano de 2008 e, em nível nacional, por políticas neoliberais que limitam o segmento social de baixa renda ao acesso à moradia. Tal política pública tem repercutido nas dimensões espaciais das cidades brasileiras e no planejamento urbano, mas sem resolver, de forma efetiva, a falta de moradia para essa população. Distingue-se, na implementação do referido programa, agentes do Estado e do mercado habitacional que atuam de forma estratégica. Para este último, a política habitacional possibilita mobilizar fundos públicos e confluem na dinamização de setores do mercado habitacional influenciando a expansão urbana brasileira. Delimitamos o objetivo geral da pesquisa em analisar a implementação do MCMV-Empresas pelas construtoras e sua influência no processo de acumulação do capital construtor na expansão urbana. Para tanto, analisamos as ações dos agentes do capital construtor na implementação do programa; a influência do processo de acumulação do capital construtor na expansão urbana do município de Teresina (PI) e; demonstramos a importância desse capital na produção do espaço urbano através da implementação da política habitacional entre os anos de 2009 e 2016. Metodologicamente, a pesquisa se apoia na abordagem qualitativa (BRUYNE, 1990; JACCOUD E MAYER, 2008), de perspectiva sociológica reflexiva. O método de estudo de caso foi utilizado como estratégia de investigação, estruturando-se a partir da pesquisa documental e da técnica de entrevista não-diretiva (MICHELAT, 1987; WHITAKER, 2002). A análise das informações foi realizada a partir da perspectiva da teoria da estruturação (GOTTDIENER, 1997; GIDDENS, 2009). A pesquisa aponta que aquisição de terreno, processo construtivo econômico e instalação de infraestrutura urbana as construtoras conduziram a implementação do MCMV-Empresas, contribuíram para a acumulação do capital construtor e para a expansão urbana recente no município de Teresina (PI), com baixa regulação dos poderes públicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 423356 - ANTONIA JESUITA DE LIMA
Presidente - 1628577 - FRANCISCO MESQUITA DE OLIVEIRA
Interno - 1585600 - ROSSANA MARIA MARINHO ALBUQUERQUE

Cadastrada em: 13/08/2018
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/08/2018 - 07/08/2018 · Matrícula para o período 2018.2.
  • 13/08/2018 · Início do período letivo 2018.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 15/08/2018 02:46