Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA DO AMPARO MOURA ALENCAR ROCHA
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DO AMPARO MOURA ALENCAR ROCHA
DATA: 31/03/2017
HORA: 14:00
LOCAL: CMRV UFPI Parnaíba
TÍTULO: MUSEU DO VAQUEIRO | ALTO LONGÁ | PIAUÍ Diagnóstico e Documentação Museológica | Programa Museográfico | Educação e Ação Cultural
PALAVRAS-CHAVES: Museu do Vaqueiro. Museologia e Museografia. Reisado de Alto Longá. Piauí. Educação e Ação Cultural.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

Este trabalho é resultado de Projeto-Ação no município de Alto Longá no Estado do Piauí. Os estudos e intervenções foram: inventário da celebração do Reisado e no Museu do Vaqueiro a construção de diagnóstico e documentação museológica; programa museográfico, nova exposição sobre o Reisado e atividades de educação e ação cultural associadas diretamente à concepção, montagem e mediação da Exposição Reis e Caretas; a intervenção no Museu foi um meio de dar vida ao equipamento e devolver a pesquisa-ação para a comunidade, interagir com diversos públicos e permitir a visibilidade do Museu para que dinamize a sua função social, tornando-o um lugar privilegiado de fomento à educação, cidadania e cultura de maneira agradável, informal e lúdica. O programa museográfico contempla a história da cidade a partir da personagem do vaqueiro, homem religioso e devoto. O centro da narrativa da nova exposição é o Reisado, celebração emblemática para os habitantes da cidade. No desenho da Exposição Reis e Caretas usamos objetos e fotografias identificados e recolhidos ao longo do inventário e um documentário etnográfico de 10 minutos sobre a Celebração. A Exposição é uma ferramenta de interpretação do patrimônio, possibilita a afirmação do reconhecimento, valorização e salvaguarda do patrimônio cultural imaterial, associado às práticas histórico - religiosas do vaqueiro nordestino. O trabalho direto no Museu do Vaqueiro teve início com um Diagnóstico Museológico da Instituição, que contou com a participação da servidora e diretora do Museu, o que lhes permitiu compreender a importância e responsabilidade do planejamento e gestão de um equipamento cultural,  suas potencialidades, fragilidades, ameaças e oportunidades: No segundo momento, realizamos a construção da documentação museológica do acervo, que contribui, hoje, para a identificação técnica dos objetos sob a guarda do Museu. Contamos com a colaboração da direção da Fundação de Cultura, Assistência Social e Sustentabilidade (FUNCASA), que gere o Museu do Vaqueiro. As origens desta investigação está no Inventário do Patrimônio Imaterial da Celebração do Reisado que construímos entre 2010 a 2016, construído com o uso de métodos e técnicas como a Etnografia, a História Oral e o Manual de Aplicação (técnica do Inventário Nacional e Referências Culturais – INRC do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN). O Inventário permitiu coletar, registrar e interpretar a Celebração; constituir um acervo com depoimentos registrados em áudio, vídeo, fotografias e objetos associados à Celebração, que nos serviram para criar o conceito da Exposição “Reisado e Caretas”. Portanto, Inventário do Reisado, Diagnóstico e Documentação Museológica e Programa Museográfico do Museu do Vaqueiro; Inventário da Celebração do Reisado, Documentário Etnográfico, Exposição Reis e Caretas e Educação e Ação Cultural são produtos e serviços que apresentamos como Trabalho Final do Mestrado em Artes, Patrimônio e Museologia da Universidade Federal do Piauí, uma contribuição para a revitalização do Museu do Vaqueiro.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ARYDIMAR VASCONCELOS GAIOSO - UEMA
Interno - 423686 - AUREA DA PAZ PINHEIRO

Cadastrada em: 10/03/2017
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
SIGAA | Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sig-ap1.srv1inst1 29/04/2017 22:23