-

CMP008 - ATENÇÃO PRIMARIA À SAÚDE II - Turma: 04 (2015.1)

Tópicos Aulas
Apresentação do módulo; Discussão Dialogada - Marcos históricos da política de saúde no Brasil. (09/03/2015 - 09/03/2015)
Discussão Dialogada - Marcos históricos da política de saúde no Brasil. (16/03/2015 - 16/03/2015)
   Políticas Públicas no Brasil 
https://www.youtube.com/watch?v=VvvH4bd3JQE
Atividades prática na UBS Realizar levantamento na comunidade e discussão com os atores sociais sobre: Minha experiência no SUS? (23/03/2015 - 23/03/2015)
Reforma Sanitária e a implantação do SUS: concepções, caminhos percorridos, avanços e críticas. (30/03/2015 - 30/03/2015)
Atividades prática na UBS Realizar levantamento na comunidade e discussão com os atores sociais sobre: Minha experiência no SUS? (06/04/2015 - 06/04/2015)
  e-SUS Atenção Básica - Ficha de Atividade Coletiva 
Vide a partir da página 76 e Anexo F.
Sistematização da Atividade Prática: ?Minha experiência no SUS? (13/04/2015 - 13/04/2015)
1ª avaliação escrita individual (20/04/2015 - 20/04/2015)
Sistema Único de Saúde: desenho institucional, gestão, fóruns de pactuação e organização. (27/04/2015 - 27/04/2015)
Modelos de atenção e gestão da rede assistencial no SUS: atenção primária, média e alta complexidade. A Estratégia de Saúde da Família. (04/05/2015 - 04/05/2015)
Testes e medidas em pesquisa em saúde. Noções introdutórias de epidemiologia: conceitos de morbidade, mortalidade, incidência e prevalência. (11/05/2015 - 11/05/2015)
Atividade prática: Atendendo as Necessidades de Saúde na UBS: agendamento de consultas e atendimento a demanda espontânea (18/05/2015 - 18/05/2015)
Atividade Prática: Questão Norteadora: Acolhimento na UB/Escuta Qualificada/ Vínculo (25/05/2015 - 25/05/2015)
  Roteiro Complementar 
Adiciono ao sistema o roteiro complementar das atividades a serem desenvolvidas nas próximas visitas (REDE), e apresentação dos resultados no dia 15/junho/15. Atenção às orientações apresentadas no anexo. Att
Atividade Prática: Questão Norteadora: A referência e Contra referência no município de Parnaíba. (01/06/2015 - 01/06/2015)
Atividade Prática: Visita Técnica a Serviços de Saúde referendados pela UBS. (08/06/2015 - 08/06/2015)
Redes de Atenção (15/06/2015 - 15/06/2015)
Avaliação das atividades do módulo (22/06/2015 - 22/06/2015)
Avaliação das atividades do módulo (29/06/2015 - 29/06/2015)
Avaliação das atividades do módulo (06/07/2015 - 06/07/2015)
Frequências da Turma
# Matrícula MAR ABR MAI JUN JUL Total
09 16 23 30 06 13 20 27 04 11 18 25 01 08 15 22 29 06
1 201494**** 0 0 0 0 4 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 2 0 10
2 2014912**** 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4
3 201495**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 201494**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 4
5 2014912**** 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 2 0 4
6 201495**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 0 4
7 201494**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
8 201494**** 0 0 0 0 0 0 4 0 0 0 4 0 0 0 0 0 0 0 8
Notas da Turma
# Matrícula Unid. 1 Unid. 2 Unid. 3 Prova Final Resultado Faltas Situação
1 201494**** 5,5 8,7 8,6 7.6 4 AM
2 2014912**** 6,9 8,7 8,6 8.1 4 AM
3 201494**** 6,4 8,7 8,6 7.9 0 AM
4 201495**** 7,2 8,7 8,6 8.2 0 AM
5 201495**** 6,5 8,7 8,6 7.9 4 AM
6 2014912**** 5,7 8,7 8,6 7.7 4 AM
7 201494**** 8,1 8,7 8,6 8.5 10 AM
8 201494**** 8,0 8,7 8,6 8.4 8 AM

Nenhum item foi encontrado

Plano de Curso

Nesta página é possível visualizar o plano de curso definido pelo docente para esta turma.

Dados da Disciplina
Ementa: x
Objetivos: 3. OBJETIVOS 1. Compreender os valores, os princípios e os direitos sociais que constituíram e embasam o sistema e as políticas de saúde no Brasil; 2. Conhecer a concepção, organização e funcionamento do sistema de saúde no que se refere à gestão da rede assistencial, articulação entre os níveis de atenção, fluxos e trajetória do usuário nos serviços de saúde. 3. Compreender as concepções de Promoção da Saúde e as suas interfaces com a Educação em Saúde, a Participação Popular e o Controle Social. 4. Conhecer os fundamentos da metodologia da pesquisa quantitativa.
Metodologia de Ensino e Avaliação
Metodologia: ˗ Sessão Expositiva Dialogada;
˗ Debates de filmes e textos;
˗ Atividade prática de campo;
˗ Visitas técnicas aos serviços de saúde (conhecer a rede de saúde).
Procedimentos de Avaliação da Aprendizagem: ˗ O aluno com mais de 25% de faltas está reprovado, independente da nota.
˗ Condições de aprovação, referente à nota final (NF) das avaliações:
NF ≥ 7,0 ………….. Aprovado
4,0 ≤ NF < 7,0 ………….. Exame Final
NF < 3,9 ………….. Reprovado

˗ Avaliações: Serão realizadas três provas envolvendo conteúdos cumulativos [Prova
1 (10 pontos) + Prova 2 (10 pontos) + prova 3 (10 pontos)]. A nota final (NF) será obtida
através da seguinte equação matemática:
NF = (P1+ P2 + P3)/3
P1 – prova escrita objetiva e/ou subjetiva (10 pts)
P2 – seminário (5 pts) + prova escrita (5 pts)
P3 – avaliação lúdica (5 pts) + avaliação de participação

˗ Caso o aluno perca a uma das provas realizará uma de reposição envolvendo todo
conteúdo.
˗ Enquanto documento, as avaliações serão entregues aos alunos, somente, para que
estes venham a efetuar revisões e retirar dúvidas.

O aluno que necessite faltar a uma ou mais aula(s) devido à participação em congressos,
seminários e semanas de ciências, deverá procurar o professor para verificar possível abono da falta. Lembrando sempre que o conteúdo dado em sala, durante a sua ausência,
será cobrado integralmente na prova.

Obs.: Será permitido ao aluno que faltar a alguma avaliação, independente do motivo, a
realização de uma 4ª prova (em caráter de reposição). Esta avaliação contemplará todo o
conteúdo ministrado na disciplina durante o semestre.
Horário de atendimento: 8h-12h (2ª - 6ª)
Bibliografia: LIVRO-TEXTO BÁSICO

AGUIAR, ZN (org.) Sistema Único de Saúde: antecedentes, percurso, perspectivas e desafios. São Paulo: Martinari, 2011.

REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES

20 ANOS DE SUS. Revista Saúde em Debate, Rio de Janeiro. V.33, n.81, p.27-37, jan/abr.2009 (disponível on line).

BAHIA, L. O sistema de saúde brasileiro entre normas e fatos: universalização mitigada e estratificação subsidiada. Ciência & Saúde Coletiva, 14(3):753-762, 2009.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Acolhimento à demanda espontânea. Brasília (Brasil): Ministério da Saúde, 2011.

BRASIL. Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). SUS: avanços e desafios. Brasília: Conass, 2006. Disponível em: http://www.conass.org.br/pdfs/livro_sus_avancos_desafios.pdf. Acesso em: 20/dez/2014.

BRASIL. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Assistência de Média e Alta Complexidade no SUS / Conselho Nacional de Secretários de Saúde. – Brasília: CONASS, 2007.

CAMPOS, GWS et all. Tratado de Saúde Coletiva (Parte IV- Política, Gestão e Atenção em Saúde).São Paulo-Rio de janeiro: Hucitec/Fiocruz, 2006.

CAMPOS, GWS. Reforma Política e sanitária: a sustentabilidade do SUS em questão ? In: Rev. Ciência & Saúde Coletiva 12(2): 301-306.2007 (disponível on line).

CECÍLIO, L. C. de O. As necessidades de saúde como conceito estruturante na luta pela integralidade e eqüidade na atenção em saúde. In: PINHEIRO, R. & MATTOS, R. A. de (Orgs.) Os Sentidos da Integralidade na Atenção e no Cuidado à Saúde. Rio de Janeiro: IMS, Uerj, 2001.

CECÍLIO, L. C. de O. & MATSUMOTO, N. F. Uma taxonomia operacional de necessidades de saúde. In: PINHEIRO, R; FERLA, A. A. & MATTOS, R. A. (Orgs.) Gestão em Redes: tecendo os fios da integralidade em saúde. Rio de Janeiro, Caxias do
Sul: Cepsc, IMS, Uerj, Educs, 2006.

MARQUES, RM e Ugá, MAD. Financiamento do SUS: trajetória, contexto e constrangimentos. In: Lima, NT et all. Saúde e Democracia: história e perspectivas do SUS. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

MENDES, NA e MARQUES, RM. Os (des)caminhos do financiamento do SUS. IN: Revista Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v 27, nº 65, p. 389-404, set/dez 2003.

MENDES. E. V. As redes de atenção à saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2010, vol.15, n.5, pp. 2297-2305.

PAIM, J. S. O que é o SUS? Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2009. 148p.

PAIM, J.S.; TRAVASSOS, C.; ALMEIDA, C.; BAHIA, L.; MACINKO, J. O Sistema de Saúde Brasileiro; história, avanços e desafios. The Lancet, 2011. Serie Brasil.

PAIM, JS. Uma análise sobre o processo de Reforma Sanitária Brasileira. In:Saúde em Debate, Rio de Janeiro. V.33, n.81, p.27-37, jan/abr.2009 (disponível on line).

POLIGNANO, MV. História das políticas de saúde no Brasil: uma pequena revisão. Belo Horizonte: UFMG. Disponível em: http://www.medicina.ufmg.br/internatorural/arquivos/mimeo-23p.pdf.

SANTOS, L e ANDRADE, L.O. “SUS: o espaço da gestão inovada e dos consensos interfederativos: aspectos jurídicos, administrativos e financeiros”. Campinas-SP: Instituto de Direito Sanitário Aplicado, 2007.
Cronograma de Aulas

Início

Fim

Descrição
09/03/2015
09/03/2015
Apresentação do módulo; Discussão Dialogada - Marcos históricos da política de saúde no Brasil.
16/03/2015
16/03/2015
Discussão Dialogada - Marcos históricos da política de saúde no Brasil.
23/03/2015
23/03/2015
Atividades prática na UBS Realizar levantamento na comunidade e discussão com os atores sociais sobre: Minha experiência no SUS?
30/03/2015
30/03/2015
Reforma Sanitária e a implantação do SUS: concepções, caminhos percorridos, avanços e críticas.
06/04/2015
06/04/2015
Atividades prática na UBS Realizar levantamento na comunidade e discussão com os atores sociais sobre: Minha experiência no SUS?
13/04/2015
13/04/2015
Sistematização da Atividade Prática: ?Minha experiência no SUS?
20/04/2015
20/04/2015
1ª avaliação escrita individual
27/04/2015
27/04/2015
Sistema Único de Saúde: desenho institucional, gestão, fóruns de pactuação e organização.
04/05/2015
04/05/2015
Modelos de atenção e gestão da rede assistencial no SUS: atenção primária, média e alta complexidade. A Estratégia de Saúde da Família.
11/05/2015
11/05/2015
Testes e medidas em pesquisa em saúde. Noções introdutórias de epidemiologia: conceitos de morbidade, mortalidade, incidência e prevalência.
18/05/2015
18/05/2015
Atividade prática: Atendendo as Necessidades de Saúde na UBS: agendamento de consultas e atendimento a demanda espontânea
25/05/2015
25/05/2015
Atividade Prática: Questão Norteadora: Acolhimento na UB/Escuta Qualificada/ Vínculo
01/06/2015
01/06/2015
Atividade Prática: Questão Norteadora: A referência e Contra referência no município de Parnaíba.
08/06/2015
08/06/2015
Atividade Prática: Visita Técnica a Serviços de Saúde referendados pela UBS.
15/06/2015
15/06/2015
Redes de Atenção
22/06/2015
22/06/2015
Avaliação das atividades do módulo
29/06/2015
29/06/2015
Avaliação das atividades do módulo
06/07/2015
06/07/2015
Avaliação das atividades do módulo
Avaliações
Data Descrição
20/04/2015 1ª Avaliação
22/06/2015 2ª Avaliação
29/06/2015 3ª Avaliação
06/07/2015 4ª Avaliação
: Referência consta na biblioteca
Referências Básicas
Tipo de material Descrição
Referências Complementares
Tipo de material Descrição
Notícias da Turma
: Visualizar

Título

Data
Visto do manuscrito 01/07/2015
Resultados P3 01/07/2015
Critérios de Avaliação - P3 26/06/2015
Resultados Seminário Linha de Cuidado - 22/06/2015 25/06/2015
Finalização das atividades da APS II 20/05/2015
Resultado 1ª Parte P2 11/05/2015
Cronograma do Módulo APS II 11/05/2015
Roteiro de visita UBS 23/03/2015 22/03/2015

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | sigjb04.ufpi.br.sigaa vSIGAA_3.12.1088 16/07/2024 10:19