-

PPGPP061 - CULTURA E IDENTIDADE - Turma: 01 (2015.1)

Tópicos Aulas
Frequências da Turma
# Matrícula MAR ABR MAI JUN JUL Total
17 31 14 28 12 26 09 23 30 07
1 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
2 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
3 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
4 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
5 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
6 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
7 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
8 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
9 2015100**** 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 40
10 2015100**** 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Notas da Turma
# Matrícula Unid. 1 Prova Final Resultado Faltas Situação
1 2015100**** 0,0 0.0 0 RN
2 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
3 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
4 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
5 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
6 2015100**** 10,0 10.0 0 AM
7 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
8 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
9 2015100**** 8,0 8.0 0 AM
10 2015100**** 8,0 8.0 0 AM

Nenhum item foi encontrado

Plano de Curso

Nesta página é possível visualizar o plano de curso definido pelo docente para esta turma.

Dados da Disciplina
Ementa: Estado e sociedade civil - subjetividade e cotidiano - memória coletiva - representações sociais - dimensão simbólica e imaginário - reprodução social - identidades/alteridades - de minorias e maiorias - diversidade de padrões socioculturais - continuidade e mudança.
Objetivos:
Metodologia de Ensino e Avaliação
Metodologia: Discutiremos conceitos de cultura e identidade. Serão ministradas aulas expositivas, dialogadas presenciais e on-line e de campo. Os diálogos se estabelecerão entre professora e alunos em salas (presencial e virtual) por meio de discussões de textos escritos e/ou outras linguagens e suportes, o que inclui textos audiovisuais, sobretudo, documentários etnográficos, que envolvem a temática da cultura e do patrimônio.
Procedimentos de Avaliação da Aprendizagem: Além das aulas expositivas dialogadas, serão ministrados seminários, pelos próprios alunos, como parte das atividades de algumas sessões de aula. Os seminários terão duração máxima de 40 minutos. Os textos dessas atividades serão sugeridos pela professora, a partir de diálogos com os alunos. Esses documentos orientarão conteúdos e discussões nos seminários; ao final dos mesmos os alunos deverão iniciar a produção de um texto escrito individual sobre tema e questões de sua apresentação. O seminário, a participação nas aulas e o texto valerão respectivamente 10 pontos, que somados e divididos de forma equitativa, corresponderão à nota final do aluno na disciplina.

Critérios de avaliação dos seminários

Na apresentação do seminário, o aluno deverá realizar exposição oral clara, objetiva e dentro do limite de tempo previamente estabelecido, qual seja, 40min.

O apresentador deverá iniciar a sua exposição com uma introdução e/ou notas breves que indiquem as motivações para o tema do seminário, deverá, igualmente, apresentar uma visão geral do assunto/problema objeto de seu seminário/referências, uma análise do conteúdo apresentado, uma conclusão com uma avaliação pessoal do assunto a partir das referências consultadas.

Em síntese, na avaliação da apresentação serão considerados:

? Qualidade dos suportes de apresentação, com destaque para a habilidade em explorá-los;
? Organização da apresentação [introdução/desenvolvimento/conclusão];
? Clareza e objetividade ao longo da exposição oral;
? Domínio do conteúdo;
? Avaliação pessoal e análise crítica;
? Tempo de apresentação.

Para efeito de avaliação [correção] da produção textual, serão considerados:

? Capacidade de analisar e sintetizar as ideias;
? Capacidade de problematizar e construir argumentos;
? Coerência lógica das idéias;
? Correção de linguagem [redação, gramática];
? Formatação do texto [título, parágrafos, referências];
? Atenção ao limite do número de páginas [12].
Horário de atendimento: terças-feiras das 16h às 18h
Bibliografia: BURKE, Peter. Hibridismo Cultural. São Leopoldo, RS: Editora Unisinos. Universidade do Vale do Rio dos Sinos (coleção aldus - 18), 2008.

CANCLINI, Néstor García. Culturas Híbridas - estratégias para entrar e sair da modernidade .
São Paulo: EDUSP, 1997.

FREITAS, Sônia Maria de. História Oral: possibilidade e procedimentos. São Paulo: Associação Editorial Humanitas, 2006.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 10 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2005

WORCMAN, Karen; VASQUEZ, Jesus. História Falada. São Paulo: SESC SP, Museu da Pessoa, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006. (disponível on-line)

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, 1992, p. 200-212. Disponível em: <http://reviravoltadesign.com/080929_raiaviva/info/wp-gz/wp-content/uploads/2006/12/memoria_e_identidade_social.pdf >.



Cronograma de Aulas

Início

Fim

Descrição
17/03/2015
17/03/2015
A Cultura no Plural
31/03/2015
31/03/2015
Metodologias (História Oral e Etnografia)
14/04/2015
14/04/2015
Metodologias (História Oral e Etnografia)
28/04/2015
28/04/2015
Metodologias (História Oral e Etnografia)
12/05/2015
12/05/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
26/05/2015
26/05/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
09/06/2015
09/06/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
23/06/2015
23/06/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
30/06/2015
30/06/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
07/07/2015
07/07/2015
Memória, identidade e patrimônio cultural
Avaliações
Data Descrição
30/05/2015 1ª Avaliação
: Referência consta na biblioteca
Referências Básicas
Tipo de material Descrição
Referências Complementares
Tipo de material Descrição
Notícias da Turma
: Visualizar

Título

Data
Critérios de Avaliação Seminários e Artigo 25/06/2015
Sobre aulas do dia 30 de junho 25/06/2015
Aula do dia 02 de Junho 31/05/2015
Fóruns abertos 11/05/2015
Livros para leitura 02/05/2015
Aula do dia 28 de Abril de 2015 27/04/2015

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | sigjb05.ufpi.br.instancia1 vSIGAA_3.12.769 18/08/2022 19:48