News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GEOVANE DA SILVA ABREU

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEOVANE DA SILVA ABREU
DATA: 29/05/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 338 - Sala de Aula do Mestrado em Geografia
TÍTULO:

ANÁLISE TEMPORAL DA TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE DE TERESINA (PI)

MEDIANTE O USO DE IMAGENS DE SATÉLITE


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Clima urbano. Sensoriamento remoto. Cidade de Teresina. 


PÁGINAS: 43
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

RESUMO

A cidade apresenta-se como a grande expressão geográfica da atualidade sendo crescente sua importância espacial, demográfica, socioeconômica e cultural, fato que revela um mundo cada vez mais urbano. Nesse sentido, são nos espaços urbanos, sobretudo nas médias cidades e metrópoles dos países não desenvolvidos que se encontram de modo mais expressivo os problemas de ordem ambiental, dentre os quais, aqueles relacionados ao clima. A urbanização provoca notáveis transformações sobre as condições locais do clima. Assim, compartilhando a concepção de Monteiro (1976), entendemos o clima urbano como um sistema que abrange o clima de um dado espaço terrestre e sua urbanização. O clima urbano é específico para cada cidade, pois resulta da conjugação dos fatores climáticos naturais e os fatores climáticos antrópicos, que vão produzir modificações sobre a atmosfera da cidade. Nesta perspectiva, esta pesquisa que aqui se apresenta tem como objetivo geral: analisar, temporalmente, a temperatura da superfície de Teresina (PI) com o uso de imagens de satélite, objetivando demonstrar as consequências decorrentes da urbanização nesse processo. Os específicos, são os que seguem: 1) Compreender as consequências do aumento da densidade de construção para a temperatura na cidade de Teresina (PI); 2) Caracterizar a relação entre crescimento da cidade e supressão da vegetação em Teresina (PI); 3) Explicar a relação entre a temperatura da superfície e o albedo na cidade de Teresina (PI); 4) Discutir os dados de temperatura da superfície da cidade de Teresina (PI), obtidos a partir da interpretação das imagens de satélite. Para atingir esses objetivos pretendemos utilizar imagens de satélite da cidade em três momentos distintos: agosto de 1985, agosto de 2000 e agosto de 2014. Para a extração dos dados de temperaturas dessas imagens será utilizada a Linguagem Espacial para Geoprocessamento Algébrico – LEGAL, implementada no software Spring 5.2, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Para a geração das cartas de temperaturas será utilizado o software ArcGis 10.1 da empresa ESRI.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Interno - 1300002 - GUSTAVO SOUZA VALLADARES
Externo ao Programa - 276280 - MARCOS ANTONIO DE CASTRO MARQUES TEIXEIRA
Notícia cadastrada em: 19/05/2015 10:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 06:25