News

Banca de QUALIFICAÇÃO: POLIANA SANTOS FERRAZ DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: POLIANA SANTOS FERRAZ DE OLIVEIRA
DATA: 07/05/2018
HORA: 09:30
LOCAL: Sala 338
TÍTULO: A produção do espaço urbano -regional da "zona" Norte da cidade de Teresina
PALAVRAS-CHAVES: Espaço Urbano. Agentes Produtores. “zona” Norte.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

O Espaço Urbano, concebido enquanto resultado da atuação dos agentes e processos produtores do espaço, configura-se como modificador da dinâmica socioespacial da cidade. Assim sendo, tem como objeto geral da pesquisa a “zona” Norte de Teresina, no sentido da Produção do Espaço na ”zona” Norte de Teresina à luz dos agentes produtores, assim como suas formas espaciais, considerando sua gênese, dinâmicas e as recentes tendências espaciais. Nesse contexto, propuseram-se três objetivos específicos: a) reconhecer a urbanização brasileira e a construção do processo de produção do espaço urbano; b) revelar as dinâmicas do processo de expansão urbana de Teresina e “zona” Norte, relacionando com os principais processos e formas espaciais nas últimas décadas; c) Discutir os agentes, processos e as formas espaciais recentes da “zona” Norte de Teresina, contemplando uma interpretação sobre as tendências espaciais. A proposta partiu da análise da concentração de atividades comerciais em áreas centrais e sua expansão nas últimas décadas para espaços periféricos. Diante das discussões propostas, a pesquisa, sustentada com o método de abordagem dialética, utilizou como procedimentos metodológicos: pesquisa bibliográfica, documental e de campo, a qual comportará a aplicação de técnicas de questionários e entrevistas. O processo de expansão da cidade compreende a relevância da produção do espaço urbano, como ação que permite a dinâmica dos processos que atuam na cidade e são identificados nesse espaço da “zona” Norte, considerando o recorte espacial do presente estudo. Neste sentido, optou-se em investigar três espaços da referida “zona”, a saber: Mocambinho, Parque Wall Ferraz e Residencial Jacinta Andrade. Quanto ao recorte temporal, considerou-se o recorte compreendido do período dos anos de 1982, 1997 e 2010, contexto que se compreende a origem e evolução das formas socioespaciais em discussão. Deste modo, a cidade de Teresina revelou-se, também, que, além da apresentação de tais espaços contraditórios que a caracteriza como uma cidade desigual do ponto de vista da moradia em vista a análise dos bairros (Mocambinho, Parque Wall Ferraz e Jacinta Andrade), as demandas inerentes a esta discussão exigem a execução de um planejamento adequado aliado a uma gestão comprometida com a cidade e seus citadinos. Deste modo, espera-se contribuir para os estudos urbanos sobre a cidade de Teresina e com o entendimento das novas dinâmicas do processo de urbanização na cidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Externo à Instituição - CARLOS RERISSON ROCHA DA COSTA - UESPI
Interno - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Notícia cadastrada em: 25/04/2018 16:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 05:05