News

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALESSANDRO RAMOS DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRO RAMOS DA COSTA
DATA: 29/05/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Video I (CCHL)
TÍTULO:

A avaliação no ensino de Geografia: representação social da prova como instrumento avaliativo por alunos da educação básica


PALAVRAS-CHAVES:

Geografia escolar. Avaliação. Prova. Representação social.


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

A ampla literatura que trata do ensino de Geografia tem apontado para práticas pedagógicas com predomínio de um ensino ainda voltado para a memorização. Assim sendo, o objetivo geral dessa pesquisa é analisar a utilização da prova como instrumento avaliativo do processo ensino aprendizagem em Geografia na rede pública no município de Teresina – PI. Com base numa revisão bibliográfica considerando Filizola (2009), Cavalcanti (1998), Medeiros (2004), Demo (1195), Luckesi (1978, 1998), Pontuschka (2009), dentre outros, a hipótese levantada destaca que o processo avaliativo em Geografia ocorre de modo tradicional, seguindo o pressuposto de que se trata de uma disciplina mnemônica, ou seja, que deve priorizar a memória como habilidade a ser desenvolvida no educando. Desse modo a prova é o instrumento mais utilizado pelos professores e a sua representação social coaduna-se com essas ideias anteriormente levantadas, ou seja, a prova de Geografia é um instrumento que deve avaliar a capacidade de memorização do educando. A abordagem teórico-metodológica para o desenvolvimento dessa pesquisa terá como apoio a teoria das representações sociais difundida por Serge Moscovici (1961), com foco na teoria do núcleo central complementar desenvolvida por Abric (1976). Os sujeitos da pesquisa serão estudantes e professores de Geografia da Educação Básica. Para os estudantes será aplicado o Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) e os professores responderam a um questionário de pesquisa com finalidade de adquirir informações a cerca da prática avaliativa desenvolvida em Geografia nas escolas públicas municipais e estaduais de Teresina – PI. Dessa forma enseja-se descobrir como o processo avaliativo vem sendo desenvolvido pelos professores de Geografia e qual a Representação Social da prova de Geografia como instrumento avaliativo, articulada por alunos da Educação Básica da rede pública no município de Teresina – PI.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Presidente - 1087152 - JOSELIA SARAIVA E SILVA
Externo ao Programa - 423549 - LUIS CARLOS SALES
Notícia cadastrada em: 20/05/2013 15:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 23:28