News

Banca de DEFESA: VICENTE DE PAULA CASTRO NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VICENTE DE PAULA CASTRO NETO
DATA: 30/08/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Sala virtual no google meet
TÍTULO: Teoria da Aprendizagem Significativa e Ensino de Geografia: Estado da arte
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Geografia. Teoria da Aprendizagem Significativa. Ensino de Geografia. Estado da Arte. Piauí
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

Apesar da tradição descritiva, a geografia escolar contemporânea não se baseia, simplesmente, na descrição da natureza ou da sociedade, mas sim na compreensão da distribuição espacial de fenômenos importantes para a dinâmica homem-natureza o que lhe permite abordar diversos temas relevantes socialmente e que visivelmente influenciam no cotidiano daqueles que a estudam. Contudo, a inserção das discussões trazidas por esta ciência em sala de aula de modo que promova a aprendizagem se torna um desafio devido as especificidades da disciplina, tais como o trabalho com diferentes escalas da realidade que se traduz em uma muitas abordagens de conteúdos. Deste modo, ganha importância no âmbito educacional a discussão de teorias que auxiliem na resolução de problemas ligados ao processo de ensino-aprendizagem. Acreditando que a Teoria da Aprendizagem Significativa, desenvolvida pelos psicólogos David Ausubel(1980) e Joseph Novak (1981)  quando aplicada no ensino de Geografia, contribui positivamente para a assimilação de seus conteúdos e conceitos, o objetivo geral da presente pesquisa foi: compreender como a Teoria da Aprendizagem Significativa pode ser aplicada durante o processo de ensino-aprendizagem de Geografia. Os objetivos específicos estabelecidos são: verificar em Dissertações e Teses o uso e as discussões sobre a utilização da Teoria da Aprendizagem Significativa no âmbito do ensino de Geografia;  identificar as contribuições dos trabalhos levantados para o avanço da discussão da Aprendizagem Significativa no ensino de Geografia no Brasil.  O cumprimento destes objetivos se deu através da realização de um estado da arte da Aprendizagem Significativa no Ensino de Geografia no Brasil, tendo como recorte temporal o período de 2000 a 2021. Foram realizadas buscas no Catálogo de Teses e Dissertações da Capes e na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD). Foram levantadas 03 (três) teses de doutorado e 04 (quatro) dissertações de mestrado sobre o tema. Através da  análise destes materiais constatamos que a utilização de metodologias baseadas na Teoria da Aprendizagem Significativa são efetivas no ensino de Geografia e que a aprendizagem desta disciplina é favorecida pela estreita relação de seus temas com o cotidiano, aumentando a possibilidade da existência de conhecimentos prévios que favoreçam a ocorrência da aprendizagem dos conteúdos escolares. A contribuição dos trabalhos levantados se dá na discussão da aprendizagem significativa no ensino de Geografia em diferentes contextos, no que diz respeito a conteúdo ensinado, alunos e metodologias de ensino demonstrando que a aprendizagem significativa pode ser promovida de diferentes formas. Essas constatações nos permitem refletir sobre a necessidade de promovermos a utilização dessa teoria no âmbito da formação de professores, especialmente no contexto do Piauí e do Brasil.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1087152 - JOSELIA SARAIVA E SILVA
Interno - 2645480 - MUGIANY OLIVEIRA BRITO PORTELA
Externo ao Programa - 1806069 - JERINO QUEIROZ FERREIRA
Notícia cadastrada em: 24/08/2021 19:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 06:29