News

Banca de DEFESA: RAFAEL JOSE MARQUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL JOSE MARQUES
DATA: 21/07/2022
HORA: 08:30
LOCAL: AMBIENTE VIRTUAL GOOGLE MEET
TÍTULO: GEOMORFOLOGIA ANTROPOGÊNICA EM TIMON, MARANHÃO: APROPRIAÇÃO DO RELEVO E MODIFICAÇOES MORFOHIDROGRÁFICAS URBANAS
PALAVRAS-CHAVES: Modificações morfohidrográficas. Homem, agente modelador do relevo. Relevo antropogênico.
PÁGINAS: 139
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Regional
ESPECIALIDADE: Análise Regional
RESUMO:

A atuação do ser humano nas transformações recentes das paisagens vem se tornando, cada vez mais, um tema de estudo, sobretudo para identificar os níveis de intervenção antrópica na dinâmica natural nesta última época do tempo geológico, vivida pela humanidade. Pode-se identificar, também, que a partir do processo de urbanização acelerado das últimas décadas, as cidades vêm ampliando a carência de infraestrutura adequada, particularmente pela ausência de planejamento e gestão ambiental. Com relação à apropriação do relevo, a partir do uso e ocupação da terra, as interferências na drenagem e no relevo, principalmente, vêm implicando em níveis de perturbações cada vez mais intensos nas paisagens urbanas. Desta forma, buscando analisar o relevo na cidade de Timon, Estado do Maranhão, na perspectiva do antropoceno e do tecnógeno, este trabalho tem como objetivo geral: Analisar as modificações do relevo e as alterações ambientais em três sub-bacias hidrográficas urbanas, por meio da abordagem da geomorfologia antropogênica. Como objetivos específicos encontram-se: Identificar a morfologia atual das bacias dos riachos Pedras, Açude e Bacuri, na cidade de Timon; avaliar o processo de expansão da cidade e suas consequências para as formas de relevo no período de 1990 a 2020; elaborar um esboço de carta geomorfológica antropogênica das bacias hidrográficas dos riachos estudados. Os procedimentos metodológicos tiveram início com o levantamento bibliográfico, seguindo-se a análise de imagens de satélite e cartas topográficas, paralelamente à realização de trabalhos de observação em campo. O mapeamento geomorfológico teve por base a taxonomia do relevo proposta por Ross (1992), buscando representar as formas de relevo e sua relação com os tipos de ocupação e uso da terra atuais. Como resultados foram identificadas formas e feições antropogênicas, e os níveis das respectivas perturbações do relevo, com catalogação das formas identificadas, gerando um esboço de carta geomorfológica antropogênica das bacias hidrográficas dos riachos Pedra, Açude e Bacuri, na área da cidade de Timon, Maranhão.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6422093 - IRACILDE MARIA DE MOURA FE LIMA
Interno - 2231533 - EMANUEL LINDEMBERG SILVA ALBUQUERQUE
Externo à Instituição - ADRIANO SIMON - UFPel
Externo à Instituição - ELISABETH MARY DE CARVALHO BAPTISTA - UESPI
Notícia cadastrada em: 08/07/2022 08:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 22:11