News

Banca de DEFESA: GUILHERME DORNELES DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GUILHERME DORNELES DE SOUZA
DATA: 30/08/2022
HORA: 19:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: ESTADO DA ARTE NAS PRODUÇÕES DE PERIÓDICOS SOBRE ENSINO DE GEOGRAFIA PARA ALUNOS SURDOS
PALAVRAS-CHAVES: Estado da Arte. Educação Geográfica Inclusiva. Surdos. Revistas Eletrônicas.
PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

A educação inclusiva no Brasil tem sido bastante discutida desde a década de 1990. Ao longo do tempo houve diversas conquistas com a aprovação de leis e decretos visando um ensino no qual a convivência entre as pessoas, ocorresse de maneira respeitosa, independentemente de suas características individuais com vistas a gerar resultados mais satisfatórios em relação à inclusão das pessoas com deficiência (PcD). Partindo desse pressuposto e levando em consideração as experiências com a inclusão escolar, esta dissertação tem o objetivo de realizar um inventário conhecido como Estado da Arte através da análise de artigos científicos sobre o ensino de geografia para estudantes surdos, disponibilizados em sítios eletrônicos, publicados em revistas on line, incluídas nos estratos A1 a B5, conforme Sistema Qualis Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Tendo como objetivo geral analisar as contribuições e as abrangências sobre o ensino de geografia para pessoas surdas nas produções dos periódicos eletrônicos. E, como objetivos específicos: a) identificar a quantidade das produções disponibilizadas on line; b) mapear em quais instituições de ensino estão sendo produzidas as pesquisas; c) identificar as temáticas pesquisadas e as metodologias explicitadas; d) analisar os resultados das pesquisas realizadas pelas instituições a fim de identificar os avanços no ensino de geografia para pessoas surdas. O trabalho foi realizado em quatro etapas: inicialmente a pesquisa bibliográfica para subsidiar o embasamento teórico, no que diz respeito aos seguintes temas: Estado da Arte (FERREIRA, 2002), Estado do Conhecimento (SILVA; SOUZA; VASCONCELLOS, 2021), Cultura Surda (SANTOS, 2006), LIBRAS (QUADROS, 2004), Educação Inclusiva (CARVALHO, 2005), análise de conteúdo, entre outros. No segundo momento, realizou-se o levantamento dos artigos acadêmicos nos periódicos eletrônicos e, em seguida, a análise dos dados obtidos e a elaboração do trabalho escrito A pesquisa é de natureza quanti-qualitativa buscando a coleta e a construção de um banco de dados a fim de sistematizar as informações.Os dados foram submetidos a análise estatística e interpretativa dos dados. Foram
localizadas trinta e dois artigos, em vinte e quatro revistas eletrônicas diferentes, envolvendo quarenta e oito autores, que produziram pesquisas com diferentes objetivos, metodologias e resultados. A produção a respeito do tema começa a aparecer a partir da Política Nacional da Educação Inclusiva publicada em 2008, havendo um aumento no ano de 2014 coincidindo com a publicação do Plano Nacional de Educação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1671765 - ANDREA LOURDES MONTEIRO SCABELLO
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Interno - 2440142 - BARTIRA ARAUJO DA SILVA VIANA
Externo ao Programa - 349.451.563-87 - LIÉGE DE SOUZA MOURA - UESPI
Notícia cadastrada em: 22/08/2022 10:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 03/02/2023 14:58