News

Banca de QUALIFICAÇÃO: LINEU APARECIDO PAZ E SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LINEU APARECIDO PAZ E SILVA
DATA: 19/05/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula do Mestrado - 338
TÍTULO:

 

SISTEMAS DE AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA NO MUNICÍPIO DE ALTO LONGÁ (PI): SITUAÇÕES REAIS, (DES)CAMINHOS E POSSIBILIDADES


PALAVRAS-CHAVES:

 

 

Avaliação, Ensino de Geografia, Gestão, planejamento escolar, Prática Docente


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

 A pesquisa realizada no Município de Alto Longa (PI) apresenta como objetivo analisar os sistemas de avaliação de geografia no município de Alto Longá (PI) por meio da discussão de estratégicas metodológicas, aproximações entre o Piauí e Alto Longá, as situações reais, e as limitações e possibilidades. A avaliação é inerente à atividade docente no Ensino de Geografia da educação básica, mas também outras situações, dentre essas podemos mencionar o processo de ensino aprendizagem que envolve o planejamento, a escolha da metodologia, a atuação da gestão escolar e da equipe pedagógica. Os pressupostos teóricos que nortearam esta pesquisa fundamentaram-se em autores que discutem Ensino de Geografia e autores que falam sobre avaliação da aprendizagem, dentre os principais autores que falam sobre avaliação podemos destacar: Hoffmann (2000), Luckesi (2006), Rabelo (2009), Coll (1999), Lima (1994), Melchior (2004), Vygotsky (1987), Piaget (1976) e Stefanello (2008) entre os principais autores que tratam sobre o Ensino de Geografia tem-se como destaque: Callai (2013), Castrogiovanni (2000), Cavalcanti (2002), Filizola (2009) e Vesentini (1989). A realização deste trabalho teve no método de “pesquisa participante” o seu embasamento em virtude de apresentar possibilidades de avaliação no ensino de geografia, e por segundo na dialética com meta de entender o problema apresentado enquanto elemento que evidencia os contrastes impostos pelo sistema, seja o sistema econômico ou o próprio sistema de ensino. Este trabalho apresenta um caráter dialético em virtude de mostrar sistemas de avaliação que envolve a teoria e a prática e mostra os contrastes resultantes destes. O município de Alto Longá (PI) representou o universo desta pesquisa, a qual apresentou como amostra duas escolas da rede estadual de ensino a Unidade Escolar Acrísio Veras e a Unidade Escolar Cantídio Saraiva. Os sujeitos para a realização desta pesquisa foram: Duas diretoras de escolas, duas coordenadoras pedagógicas, oito professores de Geografia (efetivos que ministram aulas de Geografia no Ensino Médio) e quarenta alunos (matriculados no ensino médio no primeiro, segundo e terceiro ano) deste município. Os questionamentos e as indagações enquanto avaliação de geografia deve explorar o senso crítico, permitindo que os estudantes possam resolver situações-problema, compreender, comparar e interpretar os fenômenos. Também é importante que o educador considere o meio sociocultural e as habilidades dos alunos, a cognição, tornando a avaliação significativa e enriquecedora para o conhecimento, ajudando o aluno a vivenciar o mundo com um cidadão crítico podendo encarar os desafios a serem enfrentados pela vida. Em razão disso, a prova não deve ser o único método de avaliação, deve-se considerar todo um processo de ensino e um acompanhamento sistemático do aluno. Dessa forma, esta pesquisa mostra como o processo avaliativo vem sendo desenvolvido pelos professores de Geografia e quais são as possibilidades ou limitações enquanto medida de construção do conhecimento, na Educação Básica da rede pública no município de Alto Longá (PI).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Externo ao Programa - 276280 - MARCOS ANTONIO DE CASTRO MARQUES TEIXEIRA
Presidente - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 09/05/2014 16:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 21:28