• O sistema entrará em processo de atualização de funcionalidades às 13:30. Pedimos a todos que salvem seus trabalhos para que não haja transtornos.
    Agradecemos a compreensão, em 15 minutos o sistema estará de volta.
Notícias

Banca de DEFESA: IGOR DREIDY DE SOUSA MORAES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IGOR DREIDY DE SOUSA MORAES
DATA: 31/08/2016
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Vídeo II
TÍTULO:

Que pode uma imagem? Esboços para uma possível antropologia das imagens virtuais


PALAVRAS-CHAVES:

Fotografia, Imagem, Ontologia, Técnica, Virtual.


PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Antropologia
RESUMO:

O presente trabalho se propõe pensar, teórica e metodologicamente, elementos para uma Antropologia das Imagens Virtuais, imagens produzidas, inscritas, informadas a partir de dispositivos digitais, enquanto constructos que escapam aos limites da representação e por sua vez vacila frente à um suposto realismo etnográfico das imagens. A partir da produção imagética no ambiente cibercultural, mais precisamente na rede social virtual Instagram, refletimos sobre uma semiótica não-linguageira, não-interpretativa, não-relativa de tal imageria virtual. Em síntese, como fuga da ordem da imagem-representação, tensionamos construir uma superfície das imagens virtuais como "mapas de intensidades" - Imago e Socius. Nesta proposta, engradamos possibilidades para uma etnografia que leve em conta outras semióticas - heterogêneas, disjuntivas, potenciais - ressaltando a operatio ou ainda os modos de "inscrição" de tais imagens; menos como imagens - em sentido lato - e mais como objetos ou coisas, como dizia Duchamp sobre o objeto estético. Imageria nômade que perfura, escapa, escorrega frente aos dispositivos de enunciação-representação e por sua vez constituem-se como cadeias sígnicas que atravessam e são atravessadas por toda sorte de agenciamentos e fluxos - éticos, estéticos e ontológicos. Toda uma política da imagem, toda uma política do etnografar. Assim aventamos constituir elementos teóricos-metodológicas para, diante da alteridade potencial dessa imageité, pensarmos uma antropologia visual das imagens virtuais e seus potenciais agenciamentos semióticos e maquínicos - não imagens justas, justo imagens.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1219998 - ALEJANDRO RAUL GONZALEZ LABALE
Externo ao Programa - 1550705 - LUIZIR DE OLIVEIRA
Interno - 2129289 - MARCIA LEILA DE CASTRO PEREIRA
Externo à Instituição - PATRICIA ROCHA LUSTOSA - UESPI
Notícia cadastrada em: 17/08/2016 09:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 30/11/2022 13:19