Notícias

Banca de DEFESA: UYLMA ASSUNÇAO COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: UYLMA ASSUNÇAO COSTA
DATA: 04/12/2014
HORA: 16:00
LOCAL: Sala do Conselho Departamental, no Centro de Ciências da Saúde, situado na Avenida Frei Serafim, Nº
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO ABANDONO DE TRATAMENTO COMO INDICADOR DE QUALIDADE DAS AÇÕES E SERVIÇOS OPERACIONAIS DO PROGRAMA DE CONTROLE DA HANSENÍASE EM TERESINA-PIAUÍ


PALAVRAS-CHAVES:

hanseníase, recusa do paciente ao tratamento


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

A hanseníase é uma doença de investigação e notificação compulsória em todo o território nacional. A assistência aos casos de hanseníase é considerada de absoluta responsabilidade do setor público, no que concerne ao diagnóstico, ao tratamento e medidas de controle. O abandono do tratamento está intimamente ligado ao controle da endemia, implica em uma reflexão sobre o risco de transmissão dos casos bacilíferos detectados e não tratados adequadamente, do risco de desenvolvimento de incapacidades físicas. Objetivou-se analisar a proporção de casos de hanseníase em abandono de tratamento entre os casos novos diagnosticados nos anos de 2008-2013 no município de Teresina- Piauí, bem como avaliar os principais indicadores relacionados ao abandono de tratamento da hanseníase. Utilizou-se como sujeitos todos os casos de abandono de tratamento da hanseníase, de ambos os sexos e faixas etárias. O abandono de tratamento foi delineado a partir dos indicadores sócios demográficos e da proporção de casos de hanseníase em abandono. A análise espacial comparativa dos casos de abandono por unidade de saúde foi realizada através do georeferenciamento nas regiões de Teresina. Os casos de abandono são na maioria multibacilares, com forma clínica dimorfa, do sexo masculino, de cor parda, possuem um baixo nível de instrução, faixa etária de 20 a 34 anos; sendo que em números absolutos a regional Centro-Norte foi a que mais ocorreu casos de abandono. Por todos os aspectos analisados na pesquisa há de se ressaltar que, o município de Teresina tem uma taxa de abandono classificada como boa, embora tenha verificado a maior taxa de abandono nos casos multibacilares. O baixo nível de instrução contribuiu para o abandono do tratamento e que este tem sido obstáculo para a eliminação da hanseníase no município.



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS - UNICAMP
Externo ao Programa - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Interno - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Presidente - 423325 - VIRIATO CAMPELO
Notícia cadastrada em: 28/11/2014 11:00
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 15/07/2024 14:01