Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCA DAS CHAGAS GOMES FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA DAS CHAGAS GOMES FERREIRA
DATA: 31/08/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 301 - CCHL
TÍTULO:

A leitura de textos do cotidiano em atividades lúdicas e a formação do leitor


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura. Ensino-Aprendizagem. Competência Leitora. Formação de Leitores


PÁGINAS: 126
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Este trabalho objetiva investigar a influência da utilização de textos com temáticas sobre o cotidiano e atividades lúdicas no desenvolvimento da competência leitora de alunos do 9º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Teresina - PI, buscando contribuir com o processo de ensino-aprendizagem de leitura desses discentes, assim como suscitar demais trabalhos na área que visem à formação de leitores competentes. Busca-se, ainda, perceber as dificuldades mais recorrentes que afetam o desenvolvimento da competência leitora do público-alvo, considerando o fato de estarem concluindo mais uma etapa da educação básica correspondente ao ensino fundamental, que pretende enfatizar e promover a continuidade do processo de formação de leitores. O trabalho apresenta em seu aporte teórico os modelos de leitura na perspectiva de Gough (1976), Le Berger (1976), Ruddell (1976), Goodman (1976), Rumelhart (1977) e Stanovich (1980). Discorre sobre as linhas de pesquisa em leitura desenvolvidas no Brasil conforme a abordagem de Zappone (2001) com o intuito de questionar e assumir um posicionamento em relação às concepções de leitura que propiciem uma aplicação mais eficaz em relação ao ensino de leitura o que possibilita um ensino-aprendizagem mais significativo, bem como assinala a importância da postura requerida pelo professor enquanto mediador do processo ensino-aprendizagem de leitura, segundo abordagem de Solé (1998), Maia (2007) e Bortone;Martins (2008) . Esta pesquisa apresenta, ainda, as considerações de Brown (1980), Leffa (1996), Solé (1998), Kato (1999), Kleiman (2011, 2013a, 2013b), Koch;Elias (2014) com referência às estratégias de leitura, destacando sua relevância para a compreensão leitora. Conta também com as orientações sugeridas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN (1998) no tocante ao papel do ensino em relação à formação de leitores. Refere-se a uma pesquisa de natureza aplicada, que adota uma abordagem qualitativa, fazendo uso do procedimento técnico da pesquisa-ação conforme a perspectiva de Thiollent (1998) e do método de abordagem de dados fenomenológico hermenêutico de Van Manen (1990) como meio de atestar a cientificidade dos dados obtidos na pesquisa. Para tanto, utiliza-se como instrumento de pesquisa questionários destinados aos discentes colaboradores e aos docentes da turma em questão como forma de coletar informações preliminares e subsequentes a intervenção promovida por meio de oficinas de leitura devidamente registrada em diário de campo após a observação direta da pesquisadora deste estudo. Espera-se que esta pesquisa dê sua parcela de contribuição com referência ao ensino-aprendizagem de leitura, bem como possa incitar demais trabalhos nessa área de fundamental importância para o ensino.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Interno - 097.385.093-00 - IVEUTA DE ABREU LOPES - UESPI
Externo à Instituição - PEDRO RODRIGUES MAGALHÃES NETO - UESPI
Notícia cadastrada em: 25/08/2015 13:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 16:15