Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GESSIELMA APARECIDA DE SOUSA SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GESSIELMA APARECIDA DE SOUSA SANTOS
DATA: 09/09/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 301 - CCHL
TÍTULO:

O surgimento de uma variante linguística na cidade de Bom Jesus- PI: uma investigação sociolinguística


PALAVRAS-CHAVES:

Sociolinguística. Variante linguística. Comunidade bom-jesuense. Migração gaúcha.


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

O fenômeno da variação linguística está presente nas mais diversas situações de interação que englobam falantes de uma língua, e que por ser o Brasil um país plurilíngue e multidialetal e, por conseguinte, pluricultural,  de uma migração rural-urbana bastante intensa, é que este  trabalho tem como finalidade investigar o fenômeno da variação linguística presente em situações de fala de falantes gaúchos e bom-jesuenses que moram na cidade de Bom Jesus _PI. Esta constitui  uma região que ao longo dos últimos anos presencia-se uma diferença no falar característico da população urbana, notadamente a partir da chegada de aproximadamente 100 famílias gaúchas que vieram para o referido município desbravar o cerrado piauiense em busca do cultivo da soja, entre outros alimentos. Nessa investigação, usamos  como aporte teórico fundamental Labov (1960), Bortoni (2014), Tarallo ( 2007), Cardoso (2010), Weinreich (1968) dentre outros que abordam sobre diversos estudos de fenômenos da variação linguística. A proposta metodológica desse trabalho caracteriza-se por uma análise quantitativa e qualitativa sobre o corpus selecionado que se constitui de uma amostra representativa da fala dessa comunidade. Para uma abordagem mais detalhada, primeiramente fizemos uma caracterização da área estudada. Em seguida, foi feito um registro de conversas livres e narrativas orais que direcionam para temas da realidade local. Depois, escolhemos os informantes, os quais responderam entrevistas semiestruturadas. Realizada a coleta de dados através da observação direta e de instrumentos de gravação, fizemos a transcrição de trechos de fala, procurando registrar a presença de elementos linguísticos mais recorrentes presentes nos usos linguísticos dos informantes, organizando os pontos principais em gráficos para uma melhor compreensão.  A partir dessa observação, fizemos o levantamento das variantes linguísticas encontradas e, em seguida, uma análise interpretativa dos dados. Esse estudo é de grande importância não apenas pelas informações que trazem para o conhecimento da diversidade linguística no estado do Piauí, particularmente na cidade de Bom Jesus, como também pode ser relevante como apoio  no ensino de língua materna nessa região, uma vez que pode ser consultado e utilizado para  diagnóstico dos falares característicos dos grupos sociais  que frequentam o ambiente escolar e interagem linguisticamente entre si. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 7422420 - CATARINA DE SENA SIRQUEIRA MENDES DA COSTA
Interno - 097.385.093-00 - IVEUTA DE ABREU LOPES - UESPI
Externo ao Programa - 922.575.933-91 - YANA LISS SOARES GOMES - UFMG
Notícia cadastrada em: 01/09/2015 14:51
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 19/06/2021 22:41