Notícias

Banca de DEFESA: ANDREANA CARVALHO DE BARROS ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDREANA CARVALHO DE BARROS ARAUJO
DATA: 30/06/2016
HORA: 14:00
LOCAL: sala 301
TÍTULO:

A construção de sentido de um verbo prefixado: uma análise enunciativa do verbo descobrir


PALAVRAS-CHAVES:

TOPE; construção de sentido; verbo prefixado


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

As unidades lexicais da língua não são portadoras de um sentido próprio. Este é construído no e pelo enunciado resultante de interações que a unidade estabelece nas relações textuais, a partir da integração entre cotexto e contexto. Tendo em vista esses aspectos, este trabalho tem como objetivo investigar o processo de construção de sentido do verbo prefixado descobrir na diversidade de suas ocorrências. Para embasar tal pesquisa, adotamos a Teoria das Operações Predicativas e Enunciativas (TOPE), tomando como referência, dentre outras, Culioli (1990, 1999, 2010), De Vogüé, Franckel e Paillard (2011) e Paillard (2004, 2007) que trata dos verbos prefixados. As análises foram realizadas em duas etapas, na primeira, trabalhamos o verbo cobrir para então começarmos a entender o funcionamento do verbo prefixado e, na segunda, somente o verbo descobrir. Para este primeiro momento, selecionamos enunciados a partir dos exemplos de acepções de um dicionário geral, Houaiss (2003). Para o segundo momento das análises, foram selecionadas cem (100) ocorrências, como base para a seleção do corpus,  dentre as quais, foram utilizadas vinte (20) ocorrências retiradas de livros da literatura contemporânea com data a partir de 2010, além de enunciados recolhidos do google. O estudo foi realizado de modo a compreender como se dá a ocorrência do prefixo des- no verbo descobrir, destacando quais as possibilidades dessa ocorrência e os fatores que contribuem para a construção de sentido dessa unidade considerada complexa. Observamos que, de acordo com a TOPE, o tratamento dado a um verbo prefixado deve ser diferenciado, não se restringindo apenas a uma simples junção de um prefixo a uma base na qual o prefixo traz uma significação e altera o sentido da base. Como resultado dessa pesquisa, pudemos constatar que o verbo prefixado descobrir tem características peculiares que não se restringem, em termos de contraste, ao sentido de cobrir e nem tampouco representa somente uma oposição a cobrir. As ocorrências apontam para uma noção específica de descobrir, aquela de valor material, que faz oposição a cobrir. As outras ocorrências resultaram em seis sinônimos locais de valores abstratos que foram: encontrar, perceber, tomar conhecimento, identificar, desvendar e conhecer. Ao que parece, nestes casos, o prefixo não pode mais ser identificado e a unidade assume características de uma palavra primitiva com identidade própria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423483 - MARIA AUXILIADORA FERREIRA LIMA
Interno - 2499575 - MARCELO ALESSANDRO LIMEIRA DOS ANJOS
Externo à Instituição - HELENA VIRGÍNIA TOPA VALENTIM - ULB
Notícia cadastrada em: 14/06/2016 09:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 10:36