Notícias

Banca de DEFESA: LÍGIA MARIA AGUIAR SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LÍGIA MARIA AGUIAR SOUZA
DATA: 28/06/2016
HORA: 14:00
LOCAL: CCHL (Sala 302)
TÍTULO:

"Helen of Troy does countertop dancing”: Helena de Tróia ganha voz em um poema de Margaret Atwood


PALAVRAS-CHAVES:

Helena.  Personagem. Identidade. Feminina.

 


PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literaturas Estrangeiras Modernas
RESUMO:

O objeto de estudo para este trabalho é o poema intitulado “Helen of Troy does countertop dancing” do livro Morning in the burned house (1995) da escritora canadense Margaret Atwood.  Nós temos como  objetivo geral para este trabalho, analisar este poema pelo aspecto sócio-crítico, visando revelar a voz feminina da persongem Helena de Tróia. E como objetivos específicos, identificar como se dá a construção da identidade feminina dentro deste poema e avaliar como a construção da identidade feminina revela a voz feminina neste poema ao trazer outra perspectiva para esta  personagem que geralmente é vista por um viés machista. Dentre os autores nos quais nos embasamos neste trabalho: fundamentamos o nosso primeiro capítulo ao utilizar as palavras de Bettany Hughes (2009), quando ela afirma que o amor de Helena é visceral, e muito sangue será derramado por causa dela; para o  nosso segundo capítulo, temos  Hélène Cixous (1970), ao comentar que a mulher deve falar sobre a mulher; e para o nosso terceiro capítulo, mencionamos Stuart Hall (2000), ao expor que o sujeito tem um núcleo ou uma essência interior que é o “eu” real, mas este é formado e modificado num diálogo contínuo com os mundos culturais exteriores e as identidades que esses mundos oferecem. Este estudo é fruto de uma pesquisa bibliográfica. Como metodologia para este trabalho, temos a relação do que acontece no poema Helen of Troy does countertop dancing”, a análise do poema de acordo com a história narrada. Da mesma forma, também fazemos análise do contexto sócio cultural da história narrada, a determinação do tema do poema e enunciação dos indícios que podem comprovar o tema neste poema. Concluímos esta pesquisa,  afirmando que este poema nos mostra  que a voz de Helena que está ficcionalmente audível nos faz perceber a mercantilização do corpo feminino dentro deste poema e as múltiplas identidades dessa personagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1624524 - ERICA RODRIGUES FONTES
Interno - 1630720 - MARIA ELVIRA BRITO CAMPOS
Externo à Instituição - MARIA DO SOCORRO BAPTISTA BARBOSA - UESPI
Notícia cadastrada em: 20/06/2016 12:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 16/06/2021 17:06