Notícias

Banca de DEFESA: RAFAEL GONCALVES FREIRE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL GONCALVES FREIRE
DATA: 04/11/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Video II
TÍTULO: LIBERDADE E MORTE EM OS QUE BEBEM COMO OS CÃES: UMA LEITURA A PARTIR DE ALGUNS POSTULADOS SARTRIANOS
PALAVRAS-CHAVES: Assis Brasil. Literatura Engajada. Liberdade. Morte. Existencialismo.
PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

O texto que segue tem por proposta oferecer uma apreciação do romance inicial do Ciclo do terror intitulado Os que bebem como os cães (2010) de Francisco de Assis Almeida Brasil tendo em vista a denúncia ali apresentada acerca da liberdade humana. A análise que oferecemos nesta dissertação baseou-se em um diálogo entre a Filosofia e a Literatura, por meio de uma inspiração na proposta de Jean-Paul Sartre que nos permite oferecer uma leitura do romance a partir dos conceitos sartrianos de Morte e Liberdade. Além disso, os três níveis de existência que demarcam o seu percurso ontológico apresentado por Sartre em Ser e Tempo – o em-si, o para-si e o para-outrem – também serviram de subsídios para a análise. Aliada a essa questão, também foi traçada uma análise acerca da construção da literatura engajada e de como ela suscitou questionamentos sobre a condição existencial do ser humano. Diante dessa situação do ser ficcional deslocado do mundo e impedido das menores coisas é que o escritor Assis Brasil permitiu circunscrever o caráter existencialista e a forma como este se manifestou na obra de que tratamos neste texto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550705 - LUIZIR DE OLIVEIRA
Interno - 145.435.403-87 - MARGARETH TORRES ALENCAR COSTA - UESPI
Externo à Instituição - SILVANA MARIA PANTOJA DOS SANTOS - UESPI
Notícia cadastrada em: 03/11/2016 14:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 16/06/2021 17:57