Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIANO DE ALCÂNTARA OLIVEIRA SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANO DE ALCÂNTARA OLIVEIRA SOUSA
DATA: 21/08/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 323-L
TÍTULO: ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE LEITURA ADOTADAS POR GRADUANDOS DE LETRAS INGLÊS: UMA PESQUISA AÇÃO DA DISCIPLINA DE LEITURA INTENSIVA
PALAVRAS-CHAVES: Leitura; Estratégias de Leitura; Pesquisa-Ação
PÁGINAS: 68
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

É notável a importância do ato de ler na vida de qualquer cidadão que habite uma sociedade letrada, e como o processo de compreensão crítica do que se lê tem significado nos diversos âmbitos das sociedades contemporâneas, dessa forma, a maioria tanto de professores quanto de alunos já deve ter encontrado algum texto que seja de alguma forma essencial ou basilar para entendimento de teorias, ou a título de conhecimento geral ou mesmo para fins de pesquisa, escrito em língua estrangeira e que não existam traduções disponíveis, ou até mesmo cujas traduções não contemplem uma adequação teórica pertinente. Tal fato, dentre tantos outros, vem fazendo imperativa a leitura em língua estrangeira para muitos, principalmente, em língua inglesa. Percebendo então a leitura em língua estrangeira como uma entidade, ao mesmo tempo, linguística, psicológica, fenomenológica, processual e social e abordando conceitos basilares dos processos relativos a leitura, a luz de teóricos como Bartlett (1932), Goodman (1976), Scaramucci (1995), Leffa (1996), Carrell (1998), Eskey (1998), Grabe (1998), Konstant (2003), Kleiman (2013), Koch e Elias (2014), destacando os modelos ascendente, descendente e interativo de leitura; e frisando também o uso de estratégias de leitura e que estas não são usadas descontinuamente ou desordenadamente, muito menos são finitas dentro da classificação proposta por Solé (1998) observando os processos anteriores e posteriores a leitura, bem como durante a mesma, pois ela é feita apenas para demonstrar que o leitor processa a leitura em diversos momentos e utiliza predominantemente – porém não unicamente – algumas estratégias em detrimento de outras de acordo com o propósito da leitura. Como metodologia proposta para este estudo tem-se a pesquisa-ação que foi desenvolvida no ambiente de educação formal público superior da Universidade Federal do Piauí, tendo como base uma abordagem qualitativa e interpretativista contemplando o estágio de docência do mestrado na disciplina de Leitura Intensiva com os alunos do curso de letras – inglês, utilizando cinco instrumentos de pesquisa: inicialmente uma avaliação diagnóstica, depois um questionário de relato de experiências, em seguida a segunda avaliação, e a terceira avaliação, e por fim, um último questionário de reflexão da ação, além da utilização frequente dos diários de bordo do pesquisador.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Interno - 2521935 - FRANCISCO WELLINGTON BORGES GOMES
Externo à Instituição - Orlando Vian Junior - UNIFESP
Notícia cadastrada em: 17/08/2017 16:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2021 15:01