Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THALITA CHRISTINA CAVALCANTE ARRÉ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THALITA CHRISTINA CAVALCANTE ARRÉ
DATA: 21/09/2018
HORA: 14:00
LOCAL: 323 L
TÍTULO: Formação Continuada de Professores: Percepções sobre o Audiovisual como Tecnologia Facilitadora de Contato Linguístico na Aprendizagem de Inglês em Escola Bilíngue
PALAVRAS-CHAVES: Recurso audiovisual, Ensino de segunda língua, Formação continuada de professores
PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Nos últimos anos, o crescimento de escolas bilíngues no Brasil demonstrou uma demanda mercadológica (MARCELINO, 2009). Percebe-se a necessidade de programas de formação continuada para o professor que atua na educação bilíngue, principalmente porque os cursos de formação de professores nas áreas de Letras e de Pedagogia não possuem um programa específico que contemple a formação desse profissional para atuar nesse novo ramo (SILVA, 2010). Refletindo também sobre observações feitas na escola na qual essa pesquisa está sendo desenvolvida, foi percebido que o uso da Língua Estrangeira (LE) nesse ambiente dá suporte específico ao contexto escolar, e os alunos desenvolvem uma perfomance notória ao lidar com linguagem acadêmica. Contudo, ao se tratar do uso diário da linguagem, como por exemplo, conversar com os colegas de sala em momentos de lazer dentro das dependências da escola, atividades diárias, os alunos demonstram dificuldades e resistência. Dessa forma, decidiu-se ensejar reflexões sobre o recurso audiovisual como suporte na aprendizagem de línguas. O presente trabalho tem como objetivo verificar a percepção das affordances sobre o uso de recursos audiovisuais antes e após uma atividade de intervenção realizada por meio de um curso de formação continuada aplicado para os professores de uma escola bilíngue, assim como analisar de que modo essas percepções influenciam nas suas práticas pedagógicas. Para isso, apoiamo-nos nas discussões sobre educação bilíngue (MOURA, 2010), (MEGALI & LIBERALI, 2016), (DE MEJÍA, 2013); dos conceitos de CALP e BICS (CUMMINS, 2000); em discussões sobre o professor reflexivo (LIBANÊO, 2010), (GUEDIN, 2010); na Teoria das Affordances (GIBSON, 1986); e nas discussões acerca do uso de recurso audiovisual no ensino de segunda língua (GOMES, 2014), (BRITISH FILM INSTITUTE, 2017). Nossa pesquisa é de natureza qualitativa, cuja metodologia pauta-se na pesquisa-ação, com coleta de dados realizada através de questionário e gravações de um curso de 25 horas voltado para produção de conhecimento, reflexão e análise das percepções das affordances sobre o uso do recurso audiovisual e as ações que elas desencadeiam oferecido a professores que trabalham diretamente com ensino de segunda língua em uma escola bilíngue da cidade de Teresina, Piauí.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1323576 - ANA CLAUDIA OLIVEIRA SILVA
Presidente - 2521935 - FRANCISCO WELLINGTON BORGES GOMES
Externo à Instituição - MARIA ELDELITA FRANCO HOLANDA - UESPI
Notícia cadastrada em: 12/09/2018 14:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 00:25