Notícias

Banca de DEFESA: RÔMULO SILVESTRE QUARESMA MENDES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RÔMULO SILVESTRE QUARESMA MENDES
DATA: 12/03/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Vídeo I
TÍTULO: PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA ANÁLISE DAS ATIVIDADES DE PRODUÇÃO ORAL NA PERSPECTIVA DO LETRAMENTO, ORALIDADE E METODOLOGIAS DE ENSINO PARA LÍNGUAS ESTRANGEIRAS.
PALAVRAS-CHAVES: Livro didático; Português Língua Estrangeira; Letramento e Oralidade.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

O presente estudo toma por objeto de análise as atividades de produção oral de um livro didático considerado referência para o ensino de Português como Língua Estrangeira referido ao longo da pesquisa como PLE. Serão investigadas e posteriormente descritas, à luz do Letramento, as atividades de produção oral presentes no livro didático “Olá, Tudo Bem”, de autoria de Réjane Cureau, Emmanuelle-Nicole Lopes da Silva e Michel Pérez, destinado a alunos franceses desejosos de aprender a língua Portuguesa abordada nas suas modalidades europeia e brasileira, bem como abrangendo os aportes culturais pertencentes a cada uma das duas realidades. A escolha do livro didático aqui adotado é justificada quanto ao seu uso recorrente nas salas de aula da França, uma vez que a Língua Portuguesa se encontra no quadro de disciplinas ofertadas no ensino básico francês. Por outro lado, a escolha também se justifica nas atividades de produção oral contidas no livro didático e que constituem, por sua vez, o corpus de análise deste estudo, com vistas a responderem os seguintes questionamentos para a investigação: A) As atividades de produção oral contidas no livro didático de PLE (Português Língua Estrangeira) realmente estimulam as habilidades de produção oral nesta língua? B) As atividades de produção oral refletem as concepções teóricas mais atuais sobre o ensino-aprendizagem de LE? C) Como é realizado o Ensino de Língua Estrangeira no prisma da Perspectiva Acional, do Letramento e da Oralidade? O corpus, composto a partir de 25 atividades de produção oral serão analisados e descritos sobre o prisma das teóricas concernentes ao ensino de Língua Estrangeira, sobretudo a Perspectiva Acional e da Abordagem Comunicativa, conforme os estudos de Hymes (1962), Canelen e Swain (1980), Krashen (1989), Cameron (2001,2003) Almeida Filho (2005); do Letramento, segundo Soares (1999, 2005), Kato (1980), Magalhães Neto (2017), Tfouni (1997), Marcuschi (2003) e Lopes (2006); e Oralidade, conforme os autores Costa (2012), Nascimento (2005), Silva (2014) e Marcuschi (2003). Assim, uma pesquisa que define como propósito a análise de atividades de produção oral em livros didáticos ao ensino de português como língua estrangeira é de grande relevância em uma área de estudo ainda em formação.



MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Presidente - 7422420 - CATARINA DE SENA SIRQUEIRA MENDES DA COSTA
Externo à Instituição - PEDRO RODRIGUES MAGALHÃES NETO - UFPI
Notícia cadastrada em: 15/02/2019 10:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 00:57