Notícias

Banca de DEFESA: ERIKA LOURRANE LEONCIO LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIKA LOURRANE LEONCIO LIMA
DATA: 28/03/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Video Conferência
TÍTULO: Proposta Lexicográfica para verbetes de Dicionário Especial de Homônimos da Língua de Sinais Brasileira - LSB
PALAVRAS-CHAVES: Léxico Homônimo da LSB. Dicionário Paradigmático. Verbete
PÁGINAS: 170
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

A expansão do registro do léxico geral e terminológico da LSB segue de forma ordenada a partir de pesquisas desenvolvidas à nível de pós-graduação e em grupos de pesquisas (na UFSC, UNB, INES, principalmente). Apesar disso, grupos lexicais específicos da língua, como os verbos, sinônimos, antônimos, inclusive as homonímias, ao contrário, ainda não usufruem de propostas e produções lexicográficas próprias e com foco voltado para eles. O dicionário paradigmático, também chamado de especial, é o tipo lexicográfico específico para a documentação deste tipo de lexia, por isso, visando iniciar pesquisas e discussões com este foco, este trabalho se desenvolveu com o objetivo de propor um modelo de verbete para dicionário do tipo especial reservado ao léxico homonímico. O trabalho foi organizado com base nos preceitos da: (i) Lexicologia - com foco nas contribuições à produção lexicográfica, ao estudo do léxico da LSB, nas dimensões da estrutura e do significado; (ii) Lexicografia (associada à Metalexicografia) - com o objetivo de levantar o percurso histórico da produção lexicográfica da LSB, conhecer as decisões científicas e metodológicas dos trabalhos lexicográficos consolidados na área até o presente. A metodologia empregada foi desenvolvida em duas etapas, cada uma com suas respectivas fases. A primeira etapa foi composta por três fases: 1. decisões introdutórias (tipo de lexia, código linguístico da entrada); 2. coleta, registro e catalogação do corpus; 3. análise sêmica das lexias, enquanto a segunda, propriamente lexicográfica, enquanto a segunda, por quatro: 1. decisões sobre o sistema de ordenamento da macroestrura; 2. composição da microestrutura concreta e abstrada; 3. pesquisa e elaboração das informações lexicográficas referentes ao “Programa Constante de Informações” (PCI) e ao Pós-Comentário de cada lema tratado; 4. aplicação dos dados ao modelo proposto pela pesquisa. Nas decisões da pesquisa, o código linguístico valorizado foi a LSB e o léxico homonímico enquanto lexia simples. A organização definida para a macroestrutura foi a semasiológica baseada no princípio de ordenação paramétrica. As informações recorridas para o PCI foram às de ordem: (i). gramatical (classificação gramatical); (ii). semântica (definição, sinônimos); (iii). sintática (exemplos de uso) e (iv). pragmáticas (área do conhecimento, regionalismo). A pesquisa partiu de problemas com o, pouco ou quase nenhum, registro e sistematização do léxico homonímico da LSB. Assim, por isto, propomos, neste trabalho, registrar tal grupo léxico em dicionários do tipo especial, tipologia dedicada exclusivamente para esses fins. Durante a pesquisa, as discussões e a proposta se estruturam com base em autores como Haensh (1982), Biderman (1978; 1984; 1992; 1994); Carballo (2003), Martínez de Sousa (2009), Ullmann (1964), Faria-do-Nascimento (2009; 2013), Zavaglia (2012), dentre outros


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2499575 - MARCELO ALESSANDRO LIMEIRA DOS ANJOS
Interno - 1630360 - MARIA ANGELICA FREIRE DE CARVALHO
Externo à Instituição - TÂNYA AMARA FELIPE DE SOUZA - UFRJ
Notícia cadastrada em: 01/03/2019 15:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 19/06/2021 21:02