Notícias

Banca de DEFESA: SANDRA HELENA ANDRADE DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDRA HELENA ANDRADE DE OLIVEIRA
DATA: 10/09/2020
HORA: 16:30
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: ESPAÇO, POLÍTICA E PODER EM NA COLÔNIA PENAL, DE FRANZ KAFKA
PALAVRAS-CHAVES: Espaço Ficcional. Política. Poder. Kafka. Na colônia penal
PÁGINAS: 154
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Esta dissertação tem como corpus Na colônia penal, de Franz Kafka, e objetiva analisar como a categoria espacial está diretamente vinculada às estratégias de manutenção da ordem e da preservação de determinados valores construídos pelas personagens e amparadas nas relações de política e poder e o modo como estas são materializadas no espaço da narrativa em estudo. A pesquisa está estruturada em quatro eixos temáticos. Pela sua natureza de fundamentação teórica, o primeiro deles apresenta uma súmula dos estudos sobre o espaço ficcional, direcionando o foco de investigação para as relações com a fenomenologia a simbologia e os mecanismos de produção do espaço voltados às noções de política e poder. Logo em seguida, apresenta-se a fortuna crítica de Franz Kafka e da obra em análise. No segundo eixo temático, analisa-se as diferentes perspectivas que agem no processo de construção do espaço, dando especial importância para as personagens como agentes definidores desse processo. No terceiro eixo, investiga-se a configuração simbólica do espaço, enfatizando os diferentes códigos simbólicos que ancoram a manutenção da ordem e imposição do poder. A representação simbólica do espaço está vinculada aos objetos e ao olhar das personagens que tendem a desvelar os espaços de sentidos, capaz de revelar as tensões, contradições e conflitos dos sujeitos que dele fazem parte. Por fim, o último eixo empreende-se uma análise das relações entre espaço e poder no exercício da ordem, do poder e do controle social do sujeito na (re)construção da narrativa e nas formas de transformar a esfera social na qual está inserido. Metodologicamente, o trabalho identifica-se como pesquisa bibliográfica de natureza explicativa e possui o método teórico-analítico. Reforçando esses aspectos mencionados, tem-se o diálogo com os seguintes teóricos: Bachelard (1993), Brandão (2001, 2013), Borges Filho (2007), Candido (2004, 2006), Costa Lima (2002), Derrida (2010), Foucault (2014), Lefebvre (2011, 2016), Merleau-Ponty (1999), dentre outros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1626700 - CARLOS ANDRE PINHEIRO
Externo à Instituição - JOSE WANDERSON LIMA TORRES - UESPI
Interno - 1550705 - LUIZIR DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 27/08/2020 13:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 16:23