Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DÉBORA MARIA DO NASCIMENTO BEZERRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DÉBORA MARIA DO NASCIMENTO BEZERRA
DATA: 24/10/2020
HORA: 15:30
LOCAL: Plataforma do Google Meet
TÍTULO: UM OLHAR PARA AS HABILIDADES DA BNCC SOBRE REVISÃO E REESCRITA DAS PRODUÇÕES TEXTUAIS: ANÁLISE DE UM LIVRO DIDÁTICO DE LÍNGUA PORTUGUESA.
PALAVRAS-CHAVES: Produção Textual; Revisão e Reescrita; Base Nacional Comum Curricular, Livro didático
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Considerando o texto escrito, o ensino está, muitas vezes, voltado a oferecer estratégias de produção que ajudem a adequar a linguagem, tanto escrita como oral, ao objetivo de comunicação (uso dos gêneros textuais), ajudando ao aluno/escritor a coordenar as ideias com a utilização adequada das normas do uso da língua portuguesa para a produção de interação com o meio social.  Para tanto é necessário, entre outras coisas, que escola e professores proporcionem uma interação dos alunos com uma variedade de textos, suas variadas formas e usos sociais, além de estimular as estratégias necessárias para o processo de produção textual. Nesse aspecto o uso do livro didático pode ser uma ferramenta importante de apoio a esse ensino, principalmente em escolas públicas, pois o livro didático é um material pensado para proporcionar um auxílio à prática do professor e muitas vezes orientar a respeito da utilização da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).  A revisão e a reescrita de um texto são etapas importantes no processo de produção textual, assim como o planejamento, e o próprio ato de escrever, mas talvez sejam etapas que não recebem um olhar atento na realidade de sala de aula e que sejam, muitas vezes, burladas dentro do processo de produção textual. Essa problemática despertou o interesse em responder até que ponto as propostas de revisão e reescrita apresentadas no livro didático analisado respondem às expectativas de habilidades estabelecidas pela BNCC, e até que ponto essas propostas são capazes de possibilitar aos alunos escritores um olhar mais crítico sobre o texto, estabelecendo critérios mais globais e focando no objetivo comunicativo, não exclusivamente em aspectos mais gramaticais e ortográficos? Dessa forma, ao identificar uma problemática que envolve as práticas de revisão e reescrita em sala de aula, este trabalho tem como objetivo geral analisar as propostas de atividades de produção textual com o foco nas etapas de revisão e reescrita de um livro didático à luz da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e de forma específica: Descrever como a revisão e a reescrita são abordadas nas propostas de produção textual do livro didático analisado;  identificar as principais concepções de linguagem que estabelecem as habilidades que envolvem a revisão e reescrita de produções textuais inseridas no ensino à luz da BNCC;  Verificar como as propostas de produção textual presentes no livro didático correspondem às habilidades exigidas pela BNCC.  Para a realização deste estudo, foi utilizado como base teórica autores como: Koch e Elias (2018), Gonçalves (1992), Antunes (2002) e Bakhtin (2011). Esta pesquisa se torna relevante para o processo de ensino e aprendizagem, podendo servir como fonte de pesquisa e um estímulo à reflexão crítica sobre os processos de escrita e sobre o processo de ensino e aprendizagem de produção textual, considerando que a reflexão é o primeiro passo para a transformação de qualquer realidade. Vale destacar que o estudo faz parte do grupo de pesquisas comum a área da Linguística Aplicada, classificada como de natureza qualitativa, pautada em uma abordagem interpretativista que utiliza como procedimento tanto a pesquisa documental quanto à análise de conteúdos assumindo as seguintes etapas: Leitura e descrição do componente curricular  de produção textual de Língua Portuguesa da Base Nacional Comum Curricular, mais especificamente, das orientações relacionadas as etapas de revisão e reescrita e análise de propostas de produção textual presente no livro didático do 5º ano do Ensino Fundamental da coleção Ápis: Língua Portuguesa, das autoras Ana Trinconi, Terezinha Bertin, Vera Marchezi. É possível observar a partir desta pesquisa que o livro didático analisado atende parcialmente as demandas existentes no documento da BNCC do que versa sobre a etapa de revisão e reescrita, apresentando propostas que não tratam com tanta clareza a importância de uma revisão e reescrita, contribuindo para o pensamento que essas etapas devem ocorrer apenas no final do processo de produção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Interno - 3108138 - IVEUTA DE ABREU LOPES
Externo à Instituição - PEDRO RODRIGUES MAGALHÃES NETO - UESPI
Notícia cadastrada em: 05/10/2020 09:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 04:16