Notícias

Banca de DEFESA: LILIA BRITO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LILIA BRITO DA SILVA
DATA: 16/11/2013
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 301 CCHL
TÍTULO:

Oralidade e letramento na escola e na comunidade


PALAVRAS-CHAVES:

Comunidade. Escola. Etnografia. Letramento. Oralidade


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Esta dissertação discute a relação oralidade/letramento em uma comunidade social de Teresina-PI e na escola que atende a essa comunidade, com o objetivo de analisar as práticas de letramento e as práticas de oralidade vivenciadas pelos moradores do bairro Vermelha na cidade de Teresina-PI, bem como na escola que atende a comunidade, a fim de realizar comparação entre usos e práticas sociais da língua falada e da língua escrita na comunidade e na escola. Toda a pesquisa teve uma orientação metodológica baseada na etnografia cujos dados foram obtidos por meio da técnica de pesquisa participante. O resultado da investigação demonstrou que escola e comunidade vivenciam realidades linguísticas diferentes e que se refletem no desempenho escolar dos alunos. Na comunidade oralidade e letramento são vivenciados como práticas sociais, no dia a dia dos moradores, enquanto que na escola os alunos quando falam são estigmatizados e não vivenciam práticas de letramento. É por meio de uma perspectiva social da relação entre linguagem, escola e sociedade que este estudo procura entender a visão que a escola e a comunidade possuem de língua, as relações sociais que são construídas a partir dessa relação bem como o significado social dessas relações. 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 7422420 - CATARINA DE SENA SIRQUEIRA MENDES DA COSTA
Interno - 097.385.093-00 - IVEUTA DE ABREU LOPES - UFPE
Externo ao Programa - 1167868 - ANTONIA EDNA BRITO
Notícia cadastrada em: 25/06/2013 15:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 00:52