Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JÉSSICA CATHARINE BARBOSA DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JÉSSICA CATHARINE BARBOSA DE CARVALHO
DATA: 30/04/2021
HORA: 09:30
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: HISTÓRIAS E MEMÓRIAS AFRO-ATLÂNTICAS NOS ROMANCES DE ELIANA ALVES CRUZ
PALAVRAS-CHAVES: Eliana Alves Cruz: romance. Travessia. Atlântico Negro. Decolonialidade. Antropologia da dominação.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Esta tese analisa a temática da travessia transatlântica nos romances Água de barrela (2016) e O crime do cais do Valongo (2018), de Eliana Alves Cruz, bem como os sentidos e apreensões deste conceito em perspectiva ampla, pensando a travessia como uma ferramenta de análise que não se restringe ao movimento do navio negreiro entre África e América, mas algo presente enquanto marca nas vidas de pessoas racializadas no Brasil. Compreendendo o atual estado do campo dos Estudos Literários dedicados às literaturas de autoria de mulheres negras, a tese responde aos seguintes problemas de pesquisa: de que forma as obras literárias produzidas por escritoras negras do século XIX à atualidade podem ser articuladas a partir do tema da narração do tráfico transatlântico no período da escravização negra no Brasil? Quais novas reflexões e sentidos são possíveis acerca do passado nacional considerando a memória desse trajeto ecoada nas vozes de mulheres negras nas narrativas estudadas? Como é possível relacionar o momento da experiência de desapossamento e a possibilidade de construir reexistências contra sistemas de opressão nos romances? São referenciais da pesquisa os estudos de Paul Gilroy (2001), Marcus Rediker (2011), Achille Mbembe (2013), Lívia Natália de Souza (2018), Fernanda Miranda (2019), Ochy Curiel (2020), Lélia González (2020), entre outros. Água de barrela e O crime do Cais do Valongo são obras que se comunicam com as discussões atuais em torno do racismo no Brasil, utilizando como estratégia literária a ficcionalização e a reescrita do passado para compreender problemas contemporâneos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1637106 - ALCIONE CORREA ALVES
Interno - 1550705 - LUIZIR DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 11:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2021 15:21