Notícias

Banca de DEFESA: MARIA RENILDA RODRIGUES LEAL RAMOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA RENILDA RODRIGUES LEAL RAMOS
DATA: 30/04/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: As conjunções temporais para além do livro didático: um estudo das marcas temporais pela teoria das Operações Predicativas e Enunciativas
PALAVRAS-CHAVES: Conjunções temporais; Livros didáticos; Operação de localização; TOPE.
PÁGINAS: 141
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Este estudo apresenta uma análise da abordagem das conjunções temporais em livros didáticos e uma proposta didática pelo viés enunciativo, observando de que forma estas marcas participam da construção da significação dos enunciados. Esta pesquisa teve como objetivo analisar a abordagem das conjunções temporais nos livros didáticos no que diz respeito à apresentação do conteúdo e às atividades trabalhadas, como também propor uma abordagem voltada para o ensino por meio de atividades epilinguísticas na qual se desenvolva a articulação entre linguagem e língua, explorando a gramática na perspectiva de uma visão dinâmica da língua no ensino desenvolvido no contexto da sala de aula por meio dos livros didáticos para além da abordagem voltada para classificação das marcas como conjunções temporais, desenvolvendo a integração dos aspectos sintáticos e semânticos pela perspectiva da enunciação. Subsidiamos nosso trabalho na Teoria das Operações Predicativas e Enunciativas –TOPE, tendo como referência Culioli, Franckel, Paillard, Vogüé, dentre outros. Procuramos articular a nossa reflexão referente à abordagem das conjunções temporais nos livros didáticos analisados com aspectos relativos à operação de localização, às relações interlexis e às categorias linguísticas de tempo e aspecto. Para as análises observamos a abordagem das conjunções temporais em quatro coleções de livros didáticos dos triênios 2017/2019 e 2020/2022. Detectamos, nos livros didáticos analisados, uma abordagem direcionada predominantemente para um viés classificatório das orações subordinadas adverbiais temporais a partir das conjunções. Apresentando um outro caminho, buscamos elaborar atividades de natureza epilinguística que exploram o processo de construção e desconstrução de diferentes valores de tais marcas nos enunciados. Consideramos que tais atividades proporcionam a passagem do epilinguístico para o metalinguístico.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ELIZABETH GONCALVES LIMA ROCHA - UFPI
Presidente - 423483 - MARIA AUXILIADORA FERREIRA LIMA
Interno - 1167715 - NAZIOZENIO ANTONIO LACERDA
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 17:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 19/06/2021 22:07