Notícias

Banca de DEFESA: SILVESTRE JOSE PINTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SILVESTRE JOSE PINTO
DATA: 28/04/2021
HORA: 08:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: Competência comunicativa oral: uma netnografia de uma sala de aula no ensino médio de uma escola teresinense
PALAVRAS-CHAVES: Sociolinguística Interacional. Etnografia da comunicação. Oralidade. Competência comunicativa oral. Ensino médio.
PÁGINAS: 157
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

O objeto de estudo desta dissertação é a competência comunicativa oral de alunos de uma escola pública da capital do Piauí, com base no conceito de competência comunicativa desenvolvido por Dell Hymes (1974). Tem se, pois, como objetivo geral, investigar a competência comunicativa oral dos discentes de ensino médio de uma escola pública piauiense, à luz da etnografia da comunicação. Para o alcance desse objetivo geral, foram estabelecidos os seguintes objetivos específicos: descrever eventos de fala de professores e alunos da 3ª série do Ensino médio em sala de aula; analisaras atividades propostas pelo professor referentes ao ensino da oralidade; e apontar, dentre as atividades analisadas, aquelas que desenvolvem a competência comunicativa oral dos estudantes. O estudo fundamenta-se teoricamente nas contribuições de Bagno (2015; 2012), Bortoni-Ricardo (2017; 2013; 2005; 2004), Costa (2020, 2016, 2014), Erickson (2004), Antunes (2003), Gumperz (2013), Faraco (2012), Botelho (2012), Marcuschi (2010), Rojo (2009), Goffman (2013) E Hymes (1974). Metodologicamente, a pesquisa cujos dados subsidiaram este estudo é uma pesquisa qualitativa com viés etnográfico e netnográfico, adotando-se as categorias analíticas desenvolvidas por Hymes (1974) na etnografia da comunicação, conhecidas como modelo SPEAKING, das quais se utilizaram apenas três: participantes, ambiente e normas. Os resultados das análises dos dados indicam que os participantes da pesquisa partilham as mesmas características linguísticas, bem como a gramática normativa ainda é o eixo das discussões em sala. Indicam ainda que a interação entre docente e aluno se dá de forma diferente no ambiente virtual, com predomínio da fala daquele face a estes, bem como eles se valem da língua urbana de prestígio para fazerem atividades orais solicitadas pelo professor, mas usam um falar menos tenso na interação durante o processo de aprendizagem via Google meet. Por fim, os docentes se valeram de resenhas orais e podcasts para desenvolverem a competência comunicativa oral dos estudantes da turma pesquisada.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 7422420 - CATARINA DE SENA SIRQUEIRA MENDES DA COSTA
Interno - 3108138 - IVEUTA DE ABREU LOPES
Externo ao Programa - 1063909 - JUSCELINO FRANCISCO DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 05/04/2021 17:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 20/06/2021 03:18