Notícias

Banca de DEFESA: MARINA OLIVEIRA LELIS VIANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARINA OLIVEIRA LELIS VIANA
DATA: 05/11/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Video II
TÍTULO:

O perfil no Twitter de candidatos a prefeitura de Teresina-PI nas campanhas eleitorais 


PALAVRAS-CHAVES:

Twitter. Perfil de candidato. Gêneros. Nova Retórica.


PÁGINAS: 180
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

A presente pesquisa descreve e analisa o perfil no Twitter de candidatos a prefeitura de Teresina-PI nas campanhas eleitorais do ano de 2012. Esse estudo se justifica porque o uso do meio digital vem crescendo a cada eleição no estado do Piauí, de modo que os resultados das análises possibilitarão um melhor entendimento dos motivos pelos quais os candidatos a cargo político estão buscando o Twitter para divulgar suas campanhas eleitorais, já que, mesmo não abdicando dos gêneros recorrentemente utilizados em campanhas, como “santinhos”, panfletos e cartazes, os políticos passaram a usar também perfis no Twitter para fazer campanha. Seguindo a abordagem etnometodológica proposta pelos estudiosos da Nova Retórica, descrevemos o funcionamento do perfil de candidato no Twitter, incluindo como esses perfis foram criados, quem são as pessoas que atualizam as postagens, quais os leitores presumidos, as ações retóricas realizadas e a utilização das affordances.  Nesse sentido, resolvemos analisar as categorias de forma/conteúdo, tema do gênero e propósito comunicativo. Nosso suporte teórico está fundamentado nos estudos de Bakhtin (2003 [1979]), Bazerman (2005), Devitt (2004), Miller (2009 [1984]), Askehave e Swales (2009 [2001]), entre outros autores que tratam mais especificamente a repeito de gênero digitais, redes sociais e política na internet. Os procedimentos metodológicos foram os seguintes: durante o primeiro período da campanha eleitoral, 01 de julho de 2012 a 07 de outubro de 2012, através do perfil do pesquisador identificamos os candidatos que possuíam perfil no Twitter. Durante o mesmo período coletamos o corpus, que corresponde a todos os tweets, retweets, interação com seguidores, uso de hashtags, uso de fotos e planos de fundo e informações que identificam o perfil (nome, endereço e pequena biografia - Bio). Em seguida, analisamos e quantificamos todas as postagens (tweets), a fim de identificarmos o tema do gênero, as recorrências no conteúdo publicado e os usos das affordances. Posteriormente, entrevistamos os administradores dos perfis e comparamos os resultados encontrados a partir da análise dos perfis desses candidatos. A partir das análises descobrimos que os candidatos à prefeitura de Teresina-PI criaram seus perfis no Twitter porque é uma forma barata e rápida de atingir uma parcela da população que está presente nessa rede social e que muitas vezes não conhece o trabalho e as propostas deles. Assim, os perfis eram utilizados com o propósito de divulgar agenda, mostrar o que o candidato estava fazendo no momento, divulgar projetos e propostas para a cidade, divulgar os problemas da cidade, criticar os opositores, postar fotos e vídeos da campanha e dialogar com seguidores. Ao final da nossa pesquisa, concluímos que o perfil no Twitter serve para “humanizar” ou “tirar a dureza” da imagem do político, porque através desse meio de comunicação as pessoas conseguem dialogar de forma direta com os candidatos. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167642 - FRANCISCO ALVES FILHO
Interno - 2521935 - FRANCISCO WELLINGTON BORGES GOMES
Externo ao Programa - 1167777 - MANOEL RICARDO ARRAES FILHO
Notícia cadastrada em: 09/10/2013 12:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 15:00