Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SILVIA MONICA MOURA LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SILVIA MONICA MOURA LIMA
DATA: 23/09/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Estudos de Linguagem - CCHL
TÍTULO:

REMIX DE HIPERMÍDIAS: REFLEXÕES SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA HABILIDADE DE LEITURA NA DISCIPLINA DE INGLÊS INSTRUMENTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura. Remix. Hipermídia. Estratégias Metacognitivas. Inglês.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Esta dissertação tem como principal objetivo analisar como os remixes de hipermídias articulam-se no desenvolvimento da competência leitora em língua inglesa como estratégias metacognitivas numa turma de inglês instrumental da UFPI. Logo, justificamos essa pesquisa por compreendermos que os textos digitais são construtos potencialmente explorados em nossa cultura. Seja por meio de tecnologias como notebooks, celulares e tablets, podemos ler e assistir como também enunciar por torpedos e postagens em redes sociais, elaborar fotomontagens e colagens de textos (remixes) e por conseguinte, participar de diversas atividades sociais. Entre um clique e outro, a leitura de hipertextos é um mergulho em imbricações de nós hipertextuais ou hipermidiáticos (quando associados a imagens, sons e vídeos) que exigem uma postura eminentemente ativa do leitor durante sua navegabilidade, que durante sua compreensão, utiliza estratégias cognitivas e metacognitivas. Dentre os usuários mais incidentes na internet estão os jovens. Eles interagem com muito encantamento por conteúdos hipermidiáticos: tiram “selfies” e remixam textos, fotos e vídeos, adicionam filtros, balões e outros efeitos, alimentando suas conversas nas redes. Nesse sentido, a utilização de remix de hipermídias na leitura de textos em língua inglesa pode ser importante, pois além de refletir os letramentos que os discentes desenvolvem no meio virtual, também pode servir de motivações e estratégias metacognitivas no desenvolvimento da competência leitora. Do ponto de vista teórico, apoiamo- nos na concepção de leitura e estratégias metacognitivas em Kleiman (2008a;b), Carrell (1989; 1998), Koch(2007), Kato(1995), Gadelha(2007), Smith(2004), Solé (1998) e outros; em letramentos digitais, hipermídias e remix em: Knobel e Lankshear(2008),Lemke(2010), Rojo(2009,2012,2013), Gomes(2011), Coscarelli (2006; 1996), Marcuschi(2010), Lessing(2008), Manovich(2007), Sonvilla-Weiss(2010) e outros. O tipo de pesquisa escolhido foi a pesquisa de narrativa amparada em Connelly e Clandinin(1990), Clandinin e Connelly (2000) e outros. O contexto de pesquisa foi uma turma da disciplina de Inglês Instrumental da UFPI. Os sujeitos foram a pesquisadora-participante e os alunos da disciplina. Os dados foram coletados entre os dias 25 de abril e 15 de agosto de 2014. Nosso corpus é composto por observações participantes, relatos de experiência e atividades de remix desenvolvidas durante o período de aulas. Como procedimentos de análise das narrativas e reflexões, utilizamos a formulação de temas cf.: van Manen (1990), bem como a perspectiva de composição de sentidos de Ely, Vinz, Downing e Anzul (2001/2005)


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Interno - 2521935 - FRANCISCO WELLINGTON BORGES GOMES
Externo à Instituição - MARIA ELDELITA FRANCO HOLANDA - UESPI
Notícia cadastrada em: 02/09/2014 11:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/06/2021 16:13