Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA ANGÉLICA FERREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA ANGÉLICA FERREIRA
DATA: 02/10/2014
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Estudos Literários - CCHL
TÍTULO:

A MEMÓRIA NA CONSTRUÇÃO DAS PERSONAGENS EM O GUARDADOR DE MEMÓRIAS DE ISABEL FERREIRA


PALAVRAS-CHAVES:

Memória. Personagens. Contexto


PÁGINAS: 43
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

A Dissertação, em andamento, apresenta uma análise da obra O Guardador de Memórias, de Isabel Ferreira. Consta de uma análise literária do texto e, em seguida, uma análise das personagens, abordando as suas memórias dentro do contexto representado na obra, com enfoque às memórias atribuídas às personagens. O trabalho teve como objetivo investigar construção das personagens em O guardador de memórias de Isabel Ferreira, observando os aspectos literários que se inscrevem na obra e a memória na construção identitária das personagens, no contexto de Luanda pós- independência. A análise teve como contribuição e suporte teórico os conceitos de Maurrice Halbwachs (2006), Paul Ricoeur (2007), Jacques Le Goff (2013), para tratar de memória; Antônio Cândido (2007), Beth Brait (1985), e Luiz Gonzaga Mota (2013) na teoria literária e como referências locais Rita Chaves (1998) dentre outros. A memória foi tratada como meio para reafirmação dos valores concebidos pelas personagens, implícitos na abra. A Dissertação está estruturada em três capítulos. O primeiro capítulo com a fundamentação teórica e análise do texto literário; o segundo com a análise das personagens, o contexto e as memórias, em diálogo com os teóricos; e o terceiro capítulo com uma reflexão sobre a importância das memórias na construção identitária das personagens em no contexto ficcional Luanda no pós-independência e as considerações finais. O trabalho teve como intuito responder as seguintes questões norteadoras: qual a importância da memória na construção das personagens de Isabel Ferreira, em O Guardador de memórias; como as personagens se delineiam no texto; como Isabel Ferreira apresenta as suas personagens no contexto de Luanda ficcional, nas décadas posteriores à independência? A pesquisa justifica-se pela necessidade de discutir, através do texto literário, a literatura africana, dada a proximidade com a brasileira.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1637106 - ALCIONE CORREA ALVES
Presidente - 1550697 - ANA MARIA KOCH
Interno - 1630720 - MARIA ELVIRA BRITO CAMPOS
Notícia cadastrada em: 02/09/2014 11:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 17/06/2021 15:07