Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CRISTIANNE SILVA ARAÚJO DIAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CRISTIANNE SILVA ARAÚJO DIAS
DATA: 24/09/2014
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Estudos Literários - CCHL
TÍTULO:

Olhares sobre o exílio: Narrativas Femininas no Período Colonial Português


PALAVRAS-CHAVES:

Literatura Portuguesa. Guerra Colonial. Lídia Jorge. Teolinda Gersão. Mulher.


PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

A presente pesquisa tem como empreendimento mostrar a visão da mulher no período da Guerra Colonial em Moçambique retratado nas obras A Costa dos Murmúrios (2004), de Lídia Jorge e A Árvore das Palavras (2004), de Teolinda Gersão. O objetivo geral propõe abordar a situação vivida pelas mulheres portuguesas antes e durante a Guerra Colonial, as quais ficavam em casa aguardando o retorno dos soldados, muitas casaram e foram acompanhar os maridos, algumas trabalhavam e cuidavam de casa e dos filhos. Como objetivos específicos pretende-se averiguar o engajamento com a causa moçambicana de libertação que revela a percepção política da mulher portuguesa, analisar a sensibilidade feminina manifestada na descrição espacial e ambiental dos romances, que mostram o interno e o externo como lugares onde a mulher se mostra e vê as coisas e a condição de exílio, uma vez que estavam distantes do seu país e com isso a memória é relevante para compor as narrativas a partir de dentro. Para esse estudo utilizou-se pesquisa bibliográfica qualitativa aplicada à análise das obras A Costa dos Murmúrios e A Árvore das Palavras das autoras portuguesas Lídia Jorge e Teolinda Gersão. Como pressupostos teóricos utiliza-se em relação ao contexto histórico José Medeiros Ferreira (2001), Dalila Cabrita Mateus & Álvaro Mateus (2011), à crítica literária portuguesa e à escrita feminina Miguel Real (2012) e Isabel Allegro de Magalhães (1995), relacionado à nação apoia-se em Montserrat Guibernau (1997), Sylvia Walby (2000) e ao exílio de Edward Said (2003). Pretende-se ao fim desse trabalho revelar o envolvimento da mulher com o projeto nacional, destacando ainda o papel da memória que manifesta a maneira da mulher contar a sua própria história através de narrativas entrecortadas de lembranças que mostra a profundidade do olhar da mulher no exílio.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1624524 - ERICA RODRIGUES FONTES
Presidente - 1630720 - MARIA ELVIRA BRITO CAMPOS
Externo à Instituição - SILVANA MARIA PANTOJA DOS SANTOS - UESPI
Notícia cadastrada em: 10/09/2014 10:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 20/06/2021 01:18