Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LEONARDO PEREIRA DA SILVA BRITO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEONARDO PEREIRA DA SILVA BRITO
DATA: 17/04/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de reuniões dos Colegiados do CCA
TÍTULO:

Desempenho inicial de cultivares de alface em função de sementes nuas e peletizadas em diferentes substratos hortícolas

 


PALAVRAS-CHAVES:

Lactuca sativa L, qualidade de mudas, péletes, produção


PÁGINAS: 18
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Fitotecnia
ESPECIALIDADE: Produção de Mudas
RESUMO:

O objetivo do trabalho consistiu em avaliar o desenvolvimento de mudas de diferentes cultivares de alface oriundas de sementes nuas e peletizadas, cultivadas em diferentes substratos hortícolas. O experimento foi conduzido no Setor de Horticultura do Campus Professora Cinobelina Elvas da Universidade Federal do Piauí. O delineamento experimental adotado foi em blocos ao acaso, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 3x2x5, referentes a i) cultivares de alface (grupos americana, manteiga e crespa), ii) tipos de sementes (nuas e peletizadas) e iii) (substrato comercial (vermiculita); 2) paú de buriti (Mauritia flexuosa); 3) resíduo de carnaúba (Copernicia prunifera) + casca de arroz (Oriza sativa); 4) resíduo de carnaúba em pó  e 5) resíduo de carnaúba semi-decomposto, utilizando três repetições. Na execução do experimento foram registradas: a) porcentagem de emergência das plântulas e b) índice de velocidade de emergência. Ao término, foram determinados: a) número de folhas; b) altura da parte aérea das mudas; c) comprimento da maior raiz; d) volume de raízes; e) massa seca da parte aérea e das raízes; f) estabilidade do torrão; g) área foliar. Sementes peletizadas proporcionam melhor formação e desenvolvimento de mudas de alface, onde o crescimento e desenvolvimento de mudas das cv. ‘Delícia’, ‘Babá de Verão’ e ‘Itapuã 401’ é influenciado pelo tipo de semente e substrato. O material resíduo de carnaúba com casca de arroz promoveu um desenvolvimento das mudas expressivamente superiores aos demais, podendo ser utilizado na produção de mudas de alface.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 004.996.239-67 - MARKILLA ZUNETE BECKMANN CAVALCANTE - UNIVASF
Externo à Instituição - ANAMARIA RIBEIRO PEREIRA RAMOS - UNIVASF
Externo à Instituição - BÁRBARA FRANÇA DANTAS - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 23/04/2015 11:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/10/2021 23:31