Notícias

Banca de DEFESA: FARLEY SILVA SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FARLEY SILVA SANTANA
DATA: 30/07/2015
HORA: 08:00
LOCAL: Sala 3
TÍTULO:

Extratos de Cyperus rotundus (L.) no desenvolvimento germinativo e no metabolismo enzimático de espécies cultivadas.


PALAVRAS-CHAVES:

Tiririca, metabólitos secundários, enzimas oxidativas


PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Fitotecnia
ESPECIALIDADE: Fisiologia de Plantas Cultivadas
RESUMO:

Alelopatia é o efeito direto ou indireto, benéfico ou maléfico, de uma espécie sobre outra. Objetivou-se identificar possíveis efeitos alelopáticos dos extratos etanólico e aquoso de tubérculos e da parte aérea de Cyperus rotundus sobre a germinação e crescimento de plântulas, assim como sobre a atividade enzimática de sementes de Lactuca sativa, Solanum lycopersicum, Zea mays e Glycine max. Seguiu-se o delineamento inteiramente casualizado, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 2x2x4, sendo os fatores tipo de solvente (etanol e água), estrutura vegetativa (tubérculos e parte aérea) e concentrações do extrato (0; 25; 50 e 100%). Os tratamentos foram aplicados no substrato do teste de germinação, conduzidos em câmara tipo B.O.D. com fotoperíodo de 12h e temperatura de 25 °C. Avaliou-se a percentagem de germinação (%G), índice de velocidade de germinação (IVG), comprimento radicular (CR), comprimento do hipocótilo (CH) para alface tomate e comprimento da parte aérea (CPA) para milho e soja, além da atividade enzimática da polifenoloxidase (PPO) e peroxidase (POD). Em sementes de alface os extratos reduziram a percentagem de germinação. O índice de velocidade de germinação sofreu estímulo de 21,51% ao utilizar etanol, as concentrações causaram aumento no IVG. O extrato aquoso dos tubérculos foi o que mais aumentou o comprimento da radícula. O comprimento do hipocótilo foi alterado positivamente em 48,14% ao utilizar água como solvente. Não houve atividade de peroxidase, e a polifenoloxidase foi ativada com o aumento da concentração dos extratos. Em sementes de tomate nenhum dos fatores alteraram a percentagem de germinação. O índice de velocidade de germinação foi afetado positivamente pelos extratos da parte aérea independentemente dos solventes. A radícula foi inibida pelo extrato etanólico da parte aérea nas maiores concentrações. O comprimento do hipocótilo foi estimulado pela parte aérea quando o extrato foi preparado com água. A atividade de ambas as enzimas variaram em função dos extratos e das concentrações. Em sementes de milho, observou-se redução da percentagem de germinação. Aumento no índice de velocidade de germinação nas maiores concentrações dos extratos, como também nos extratos preparados com água. A radícula desenvolveu-se melhor nos extratos produzidos com água, assim como a parte aérea que apresentou-se 16,99% maior do aqueles submetidos nos extratos etanólicos. Os extratos da parte aérea também favoreceram o crescimento da parte aérea, apresentaram-se 7,79% superiores àqueles que desenvolveram nos extratos dos tubérculos. A atividade da polifenoloxidase foi maior nos últimos dias de germinação, com tendência a cair na concentração de 100%. A peroxidase teve a atividade estimulada principalmente no extrato etanólico da parte aérea nas maiores concentrações e no ultimo dia de avaliação. Em sementes de soja a percentagem de germinação foi maior quando as sementes foram germinadas nos extratos aquoso dos tubérculos. No índice de velocidade de germinação observou que os extratos aquosos aceleraram a germinação ao serem comparados com os extratos etanólicos. O comprimento da radícula variou em função do solvente e da concentração. Na parte aérea verificou-se maior comprimento nos extratos produzidos com água. Tanto a atividade da polifenoloxidase como da peroxidase foi reduzida principalmente pelo extrato etanólico do tubérculo. Foram observados efeitos alelopáticos que variaram em função do tipo de solvente, estrutura vegetativa e concentração dos extratos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2999626 - DANIELA VIEIRA CHAVES
Interno - 1346800 - FERNANDES ANTONIO DE ALMEIDA
Externo ao Programa - 025.790.339-98 - ELAINE HEBERLE - UFPI
Externo à Instituição - ANA MARIA MAPELI - UFBA
Externo à Instituição - FERNANDO LUIZ FINGER - UFV
Notícia cadastrada em: 29/07/2015 16:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 24/10/2021 01:01