Notícias

Banca de DEFESA: RANYELLSON PIRES BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RANYELLSON PIRES BARBOSA
DATA: 10/08/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Programa de Pós-Graduação em Agronomia-Produção Vegetal (PPGA)
TÍTULO:

COMPORTAMENTO MORFOLÓGICO E RENDIMENTO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR CULTIVADAS NO MUNICÍPIO DE UNIÃO - PI


PALAVRAS-CHAVES:

Saccharum officinarum, índice de área foliar; cana planta


PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Fitotecnia
ESPECIALIDADE: Melhoramento Vegetal
RESUMO:

Nos últimos anos, a produção de cana-de-açúcar vem ganhando destaque no estado do Piauí, em virtude da ampliação de novas áreas, do uso de novas tecnologias de produção e da utilização de variedades mais adaptadas às condições edafoclimáticas da região. O cultivo da cana-de-açúcar em diferentes faixas de latitude permite diferenças no comportamento produtivo, uma vez que as expressões das características intrínsecas de uma variedade são em função do clima, solo e práticas culturais. As estimativas dos índices de crescimento podem fornecer subsídios para o entendimento das adaptações experimentadas pelas plantas sob diferentes condições de meio, tais como, luz, temperatura, umidade e fertilidade do solo. O presente estudo objetivou avaliar o comportamento morfológico, o desempenho produtivo e tecnológico de doze variedades de cana de açúcar (RB036066, RB9438, RB935744, RB021764, RB021754, RB021534, RB966229, RB977540, RB863129, RB987935, RB92579 e RB867515) para as condições edafoclimáticas do município de União – PI, no período de junho de 2013 a junho de 2014.  O experimento foi conduzido no delineamento em blocos completos casualizados com arranjo experimental em parcelas subdivididas, com três repetições. As parcelas foram constituídas por 4 sulcos de 5m, com espaçamento de 1,4 m entre sulcos, 1,4 m entre parcelas e 2,0 m entre blocos. Para a determinação das análises morfológicas foram avaliados o número de perfilhos por metro linear (NP), área foliar (AF), diâmetro do colmos (DC), comprimento do colmo (CC), número de internódios (NI), massa seca total (MST) e índice de área foliar (IAF). Nas análises tecnológicas e de produção foram avaliados o brix, fibra, pureza (PUZ), pol do caldo de cana (PCC), açúcares redutores (AR), e Megagrama de colmo por hectare (MgCH). A variedade RB935744 apresentou maior desempenho entre as análises morfológicas. A variedade RB987035 apresentou menor desenvolvimento morfológico. A variedade RB021534 obteve o maior desempenho diante para características morfológicas. A maior produtividade de colmos foi obtida pela variedade RB92579.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Externo ao Programa - 2305613 - ANTONIO AECIO DE CARVALHO BEZERRA
Externo à Instituição - ADERSON SOARES DE ANDRADE JUNIOR - EMBRAPA
Externo à Instituição - LÚCIO FLAVO LOPES VASCONCELOS - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 31/07/2015 16:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.timers 23/10/2021 23:28