Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VIVIANE PINHEIRO ALVES DE ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VIVIANE PINHEIRO ALVES DE ALMEIDA
DATA: 30/05/2023
HORA: 09:00
LOCAL: PLATAFORMA VIRTUAL
TÍTULO: AVALIAÇÃO BIOTECNOLÓGICA DE UMA NANOFORMULAÇÃO CONTENDO O ALCALÓIDE EPIISOPILOTURINA EM MODELO EXPERIMENTAL DE COLITE ULCERATIVA
PALAVRAS-CHAVES: colite ulcerativa, epiisopiloturina, nanoformulação
PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A colite ulcerativa é uma doençainflamatória intestinalcrônica que acometeo cólon e reto,apresentando picos de recidiva. As terapias convencionais utilizadas no seu tratamento estão associadas a uma variedade de efeitos colaterais o que torna importante o desenvolvimento de novas drogas direcionadas ao tratamento dessa patologia que apresentem boa eficácia, com baixos efeitoscolaterais. Uma alternativa seria as moléculas advindas de plantas com propriedades medicinais. Dentre essas destaca-se o alcaloide epiisopiloturinaextraído da espéciePilocarpus microphyllus que já mostrou atividade anti-inflamatória em estudos anteriores, tornando-a um alcaloide promissor quanto as suas propriedades farmacológicas. Entretanto a epiisopiloturina é insolúvel em meio aquoso e possui baixa absorção após a administração oral. Nesse contexto se faz necessário o desenvolvimento de formulações visando a melhoria dasuabiodisponibilidade por via oral para o tratamento da colite ulcerativa. Dessa forma, o presente trabalho visa estudar de forma comparativa o efeito do alcaloide epiisopiloturinanano encapsuladacom a goma docajueiroe da epiisopiloturina livre sobre os parâmetros inflamatórios da colite induzida por TNBS em ratos.A estratégia de trabalho se caracteriza pela formulação das nanopartículas a base de goma do cajueiro modificada para incorporação de epiisopiloturinae posterioravaliação da sua atividade anti-inflamatória , tanto da epiisopiloturina livre quanto dananoestruturada de forma comparativa,sobre os critérios macroscópicos e sobre o peso úmido do cólon,sobre os níveis colônicos de MDAeGSH,sobreaconcentraçãodeMPO.Ananoformulaçãocontendo epiisopiloturina diminuiu osparâmetrosinflamatórios de critérios macroscópicos de lesão e o peso úmido do cólon dos animais tratados. Houve também uma redução da mieloperoxidase mostrando redução da infiltração de neutrófilos,além da diminuição dos níveis de malondialdeídoe preservou os níveis de glutationa. Esses resultados demonstramqueananoformulaçãodeepiisopilotuirnamelhorouoseuefeito farmacológico quando administrado por via oral, em relação a sua forma livre no curso da colite ulcerativa experimental.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2714919 - DANIEL DIAS RUFINO ARCANJO
Externo à Instituição - DIVA DE AGUIAR MAGALHÃES - UFDPar
Externo ao Programa - 025.487.783-47 - TARCISIO VIEIRA DE BRITO - UFPI
Notícia cadastrada em: 02/05/2023 10:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 23/07/2024 08:17