Notícias

Banca de DEFESA: KELLY BEATRIZ VIEIRA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KELLY BEATRIZ VIEIRA DE OLIVEIRA
DATA: 06/04/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: INTERAÇÃO ENTRE OS RECEPTORES P2X7, AT1 E VIA ADRENÉRGICA SOBRE O ESVAZIAMENTO GÁSTRICO DE SÓLIDOS E BIOMARCADORES DE ESTRESSES OXIDATIVOS EM RATOS ESPONTANÊAMENTE HIPERTENSOS (SHR).
PALAVRAS-CHAVES: Angiotensina II; Estresse Oxidativo; Esvaziamento Gástrico; Hipertensão SHR; Sistema Purinérgico.
PÁGINAS: 101
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) pode ser caracterizada como uma condição inflamatória crônica, com aumento das espécies reativas de oxigênio, redução do óxido nítrico, lesão endotelial e de órgãos-alvo. Nos últimos anos, pesquisas são direcionadas a compreender alterações gastrintestinais em decorrência da hipertensão, conduzindo a novas investigações dentro dessa área. OBJETIVO: O estudo buscou avaliar os efeitos da hipertensão sobre a motilidade gástrica e biomarcadores de estresse oxidativo no TGI sob a influência do bloqueio do SRAA, via adrenérgica e via purinérgica. METODOLOGIA: Foram utilizados ratos Wistar, normotenso, e ratos SHR, hipertenso. Os animais foram divididos: Wistar, SHR, SHR-Losartana, SHR-Guanetidina, SHR-BBG, SHR-BBG-ATP, SHR-BBG-ANG II. O efeito dos fármacos foi observado sobre o esvaziamento gástrico e nos marcadores de estresse oxidativo (Nox, MPO, GSH, SOD) em tecidos do trato gastrointestinal. RESULTADOS: Nos grupos SHR-Losartana e SHR-guanetidina a taxa de esvaziamento não apresentou diferença em relação ao grupo SHR (32.77±2.89 vs 28.80±5.87 vs 21.88±2.05). No grupo SHR-BBG houve uma melhoria da motilidade gástrica (p<0.05) comparado ao grupo SHR (41.66±3.26 vs 21,88±2,05%). A taxa de esvaziamento dos grupos SHR-BBG-ATP e SHR-BBG-ANG II reduziu comparado ao grupo SHR-BBG (25.66±3.01 vs 21.91±5.07 vs 41.66±3.26%). No duodeno houve um aumento significativo de MPO no grupo SHR-losartana em relação ao grupo SHR (0.83± 0.09 vs. 0.33 ± 0.07 UMPO/mg tecido). No colón houve aumento da atividade de GSH no grupo SHR-guanetidina em relação ao grupo SHR (6.48± 0.54 vs 1.5 ± 0.48 mgGSH/g tecido). CONCLUSÕES: A hipertensão em ratos SHR diminui a taxa de esvaziamento gástrico. A inibição de receptores P2X7 com o uso BBG melhorou a taxa de esvaziamento gástrico em ratos SHR. Sugere-se que um desequilíbrio em agentes óxido-redutores é associado a hipertensão e o tratamento agudo foi efetivo na prevenção do estresse oxidativo nos tecidos gastrintestinais de ratos SHR.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2617696 - ALDEIDIA PEREIRA DE OLIVEIRA
Presidente - 2457259 - MOISES TOLENTINO BENTO DA SILVA
Interno - 1560969 - ROSIMEIRE FERREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 29/03/2022 09:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 15/08/2022 00:36