Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ERIK VINICIUS DE SOUSA REIS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIK VINICIUS DE SOUSA REIS
DATA: 01/10/2013
HORA: 18:30
LOCAL: Saguão de apresentação de pôsteres do Simpósio Latino-Americano de Biotecnologia.
TÍTULO:

PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA: PROPRIEDADES FARMACOLÓGICAS DE Justicia pectoralis


PALAVRAS-CHAVES:

Justicia pectoralis, Aerosil, Quitosana


PÁGINAS: 15
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O uso de inúmeros fármacos com base em componentes sintéticos está sendo substituído por compostos com origens naturais. Muitas plantas possuem princípios ativos e compostos estruturais que desempenham funções que retardam e até curam diversas enfermidades e reações no ser humano. A espécie Justicia pectoralis Jacq. é uma planta encontrada na região Nordeste do Brasil e faz parte do Registro Nacional de Plantas de Interesse do Sistema de Saúde Nacional (FONSECA, SILVA, LEAL, 2010) Dentre os princípios ativos presentes nessa planta, a cumarina (1,2-benzopirona) apresenta a capacidade de recuperação das enzimas antioxidantes,  e uma boa capacidade anti-inflamatória (PENG, LV DAMU, ZHOU, 2013).O extrato dessa planta, possui a formulação de xarope sendo utilizada para fins anti-inflamatórios do trato respiratório. Dessa forma a busca por compostos que melhorem a qualidade do xarope devem ser analisadas. A secagem do xarope pode ser uma alternativa para a distribuição da droga em forma de pó. Alguns compostos são utilizados para o melhoramento desse pó. Como o Dióxido de Silício Coloidal (Aerosil®) e a quitosana, que são adjuvantes com boas características químicas. Para o desenvolvimento desta prospecção foram pesquisadas as palavras-chave em bancos de patentes de nível nacional e internacional e, além disso, foram pesquisados todos os artigos que continha a palavra Justicia pectoralis contidas no título dos mesmos. Foram encontradas cinco patentes, sendo uma patente protegida em dois escritórios diferentes. Sendo o primeiro o escritório nacional do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e o outro no World Intellectual Property Organization (WIPO). Além deles os outros escritórios pesquisados foram o European Patent Office(EPO) e o United States Patent and Trademark Office (USPTO). É possível inferir que ainda são pouco conhecidas e estudadas no meio acadêmico na região com essa planta. Verificou-se que o Brasil tem bom conhecimento científico sobre um percentual das plantas utilizadas com fins medicinais, porém só possui uma detenção dessa tecnologia.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1553559 - JOSE ROBERTO DE SOUZA DE ALMEIDA LEITE
Presidente - 1512631 - LIVIO CESAR CUNHA NUNES
Interno - 1787945 - REGINALDO ALMEIDA DA TRINDADE
Notícia cadastrada em: 24/09/2013 17:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/12/2022 05:01