Notícias

Banca de DEFESA: PAULO SÉRGIO DE ARAUJO SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULO SÉRGIO DE ARAUJO SOUSA
DATA: 20/06/2022
HORA: 08:00
LOCAL: remoto
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTIMICROBIANO DE NANOPARTÍCULAS POLIMÉRICAS DE GOMA DO CAJUEIRO CARBOXIMETILADA PARA INCORPORAÇÃO DA EPIISOPILOTURINA: ESTUDO IN SILICO E IN VITRO
PALAVRAS-CHAVES: Microrganismos; Polissacarídeo; Jaborandi; Alcaloide; Nanopartículas.
PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A carboximetilação é uma modificação química que tem utilizada na goma do cajueiro
(GC) para melhorar algumas propriedades da GC, sendo empregada também para o
carreamento e liberação controlada de drogas em sistemas nanoestruturados. A
epiisopiloturina (EPI) é um alcaloide imidazólico com elevado espectro biológico e
potenciais aplicações na área da nanotecnologia. As nanopartículas poliméricas (NPs) são
sistemas coloidais que apresentam tamanho de partículas entre 1 a 1000 nanômetros,
sendo materiais promissores contra diversos microrganismos. Estudos de química
quântica computacional podem atuar como uma ferramenta interessante para elucidar
características e aplicações biológicas de diversos materiais. Dessa forma, este projeto
almeja avaliar o potencial antimicrobiano de NPs a base de goma do cajueiro
carboximetilada (GCC) com incorporação da EPI (NPGCCE) e sem a presença do
alcaloide (NPGCC), além de buscar compreender as aplicações antileishmania da GCC e
da EPI por meio de estudos prospectivos e estudos in silico. Para isso, realizou-se
prospecções científicas e tecnológicas da EPI e da GCC em bases de publicações de
artigos e patentes. Para a avaliação da estabilidade das estruturas químicas foram
utilizados cálculos de frequência e os arquivos de saída foram utilizados nas análises de
docagem molecular, com as proteínas 2JK6, 4A30, 5GO1 e 3CH7. Estudos de
farmacocinética e semelhança a drogas foram aplicados para avaliar o potencial
farmacológico da EPI, GC e GCC. Para a síntese das NPs, a GC foi isolada de exsudatos
de cajueiro do litoral piauiense e posteriormente carboximetilada. As NPs foram
caracterizadas por MFA, tamanho e potencial zeta. Para avaliar o grau de substituição da
GCC, aplicou-se titulação potenciométrica. Para evidenciar o efeito da modificação
química, empregou-se a análise de FTIR para a GC e GCC. A síntese das NPs foi
realizada pelo método de nanoprecipitação e a avaliação antibacteriana foi avaliada contra
cepas de Staphylococcus aureus ATCC 29213, Enterococcus faecalis ATCC 29212,
Pseudomonas aeruginosa ATCC 27853, Escherichia coli ATCC 25922 e Salmonella
enterica ATCC 14028. A atividade antileishmania foi avaliada com as espécies
Leishmania amazonensis, Leishmania major e Leishmania braziliensis. Com os estudos
prospectivos, foi possível evidenciar que a EPI possui potencial antiparasitário, enquanto
que a GCC possui algumas aplicações no desenvolvimento de nanomateriais, em que os
mecanismos de ações destes materiais não são claros na literatura. Os cálculos de
frequência evidenciaram que as estruturas possuem energia mínima estável, sendo a EPI
um dos compostos com maior estabilidade. A análise de farmacocinética revelou que a
tanto a EPI quanto a GC e GCC possuem características farmacológicas favoráveis para
serem aplicadas no desenvolvimento de novas terapias, sendo que os estudos de docagem
molecular comprovaram que estes materiais apresentam maiores afinidades de ligações
com a proteína 2JK6. A modificação química foi comprovada com o FTIR. As NPGCCE
apresentaram tamanho de 247,3 nm e as NPGCC apresentaram tamanho de 221,94 nm.
O grau de substituição obtido foi de 0,23. A EPI, GC e GCC não apresentaram atividade
antibacteriana com as cepas utilizadas, mas as NPs, principalmente a NPGCCE,
apresentaram percentuais elevados de inibição de crescimento nas espécies de parasitas
utilizadas nos testes. Desse modo, pode-se concluir que as NPs desenvolvidas,

principalmente a NPGCCE, apresenta potencial para ser utilizada no desenvolvimento de
novas terapias antileishmania.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 995.992.603-68 - ALYNE RODRIGUES DE ARAUJO - UFPI
Externo à Instituição - FRANCISCO IVAN DA SILVA - IFPI
Presidente - 025.525.613-22 - JEFFERSON ALMEIDA ROCHA - UFMA
Notícia cadastrada em: 24/05/2022 09:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 06/12/2022 04:30