Notícias

Banca de DEFESA: MOARA E SILVA CONCEIÇÃO PINTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MOARA E SILVA CONCEIÇÃO PINTO
DATA: 12/11/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Reuniões - Campus Ministro Reis Velloso
TÍTULO:

EFEITOS DOS POLISSACARÍDEOS SULFATADOS DA ALGA MARINHA Gracilaria caudata EM RATOS NO MODELO DE PERIODONTITE INDUZIDA POR LIGADURA


PALAVRAS-CHAVES:

Doença Periodontal, Produtos naturais, Reabsorção óssea, Densidade óssea, Estresse oxidativo


PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

A Doença Periodontal (DP) afeta milhões de pessoas no mundo, caracterizando-se pela destruição dos tecidos periodontais como ligamento periodontal, cemento e osso alveolar, envolvendo mecanismos imuno-inflamatórios. O presente estudo objetivou, de maneira inédita, investigar os efeitos dos Polissacarídeos Sulfatados (PS) da alga marinha Gracilaria caudata, utilizando o modelo de periodontite induzida por ligadura em ratos.  Foram utilizados cinco grupos experimentais com sete animais cada um: um Controle Saudável que não foi induzida a periodontite (CS), um Controle Periodontite sem tratamento (CP – solução salina mg/kg) e três grupos tratamento T1 (2,5 mg/kg PS), T2 (5,0 mg/kg PS) e T3 (10,0 mg/kg PS), sendo repetido os grupos CP e T1 num segundo ensaio, totalizando 49 ratos (Rattus novergicus, wistar, fêmeas). Foram avaliados Índice de Sangramento Gengival (ISG) e Índice de Profundidade de Sondagem (IPS), estudo morfométrico, análise de Densidade Óssea Mineral (DOM) de peças ósseas adjacentes ao modelo de indução da periodontite, concentração de Mieloperoxidase (MPO) em tecido gengival, Contagem Total de Células (CTC) em sangue periférico, histopatológico dos rins, dosagens de Glutationa reduzida (GSH) e Malondialdeído (MDA) em fígado e rins. Os resultados demonstraram que os PS (2,5mg/kg, melhor dose resposta) melhoraram ISG (63,20%, p<0,05), IPS (58,61%, p<0,05), atuaram na redução da dosagem de MPO (62,57%, p<0,05), melhoraram DOM em ramo mandibular (6,87%, p<0,05), não foi verificado alterações histopatológicas em tecido renal; porém, não alteraram significativamente (p>0,05) a altura óssea perdida pela DP, não tiveram efeitos sobre a CTC em sangue periférico, não foram capazes de reduzir o estresse oxidativo em fígado e rins pelos níveis de GSH e MDA. Pode ser concluído que os PS (2,5mg/kg) reduziram aspectos inflamatórios da periodontite, houve efeito benéfico na DOM em ramo mandibular, não desencadearam efeitos sistêmicos deletérios sobre o rim; porém, não foram capazes de reduzir a altura óssea causada pela DP e não alteraram o estresse oxidativo em fígado e rins.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo ao Programa - 2087065 - DARKLILSON PEREIRA SANTOS
Interno - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 29/10/2015 07:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 08/12/2022 09:40