Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CARLOS EDUARDO RODRIGUES CASTELO BRANCO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARLOS EDUARDO RODRIGUES CASTELO BRANCO
DATA: 18/06/2021
HORA: 08:30
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: EFEITO CICATRIZANTE DE NANOPARTÍCULA DE PRATA ESTABILIZADA COM COLÁGENO E GOMA DO CAJUEIRO (Anacardium ocidentale l.) EM MODELO EXPERIMENTAL DE FERIDA
PALAVRAS-CHAVES: Nanopartículas de prata; Goma do caju; Colágeno; Tratamento de feridas.
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Ferida é definida como uma ruptura na continuidade do revestimento epitelial da pele ou mucosa resultante de dano físico ou térmico. O cuidado de feridas tornou-se progressivamente uma grande preocupação de saúde pública em todo o mundo, e a busca de alteranativas de tratamento mais eficazes é de grande importancia. Nesse contexto o desenvolvimento de biomateriais que possuam funcionalidade têm sido realizado, o desenvolvimento de dispositivos biotecnológicos feitos com nanopartículas é cada vez mais promissor devido à sua aplicação em materiais médicos e hospitalares, e sua eficácia na prevenção e tratamento de feridas, queimaduras e infecçõe.A  nanoparticula de prata vem sendo utilizada por apresentar uma ampla variedade de aplicações em diversas áreas médicas, pois possuem efeitos inibitórios consideráveis contra microorganismos, e propriedades que ajudam na cicatrização de feridas e efeitos antitumorais, antibacterianos, antivirais e antiangiogênicos.O objetivo do estudo descrever o efeito da administração da nanopartícula de prata estabilizada com colágeno e goma do cajueiro em modelo de experimental de ferida. O modelo consiste em realizar duas feridas cirúrgicas no dorso do animal e realizado administração tópica de acordo com o grupo experimental. Será analisada a área da ferida mascroscopicamente, através de um paquímetro, ensaios bioquímicos serão realizados para avaliação do estresse oxidativo através da  determinação de glutationa reduzida (GSH), ácido malondialdeído (MDA), mieloperoxidade (MPO), superóxido dismutase (SOD), nitrito. Avaliação histopatológica do processo de cicatrização também será realizada. As medidas da área da ferida em mm2 foram realizadas a cada 48 horas até o 10º dia após a cirurgia, em todos os 4 grupos testados. Os resultados do 6º dia mostraram valores semelhantes nas áreas das feridas em todos os grupos, porém no 8º dia e 10° demostrou redução significativa da área da ferida no grupo da Nano partícula de prata estabilizada com colágeno e goma de cajueiro. Os resultados parciais permitem concluir que a Nanopartícula de prata estabilizada com colágeno e goma de cajueiro atua como recurso cicatrizante acelerando o processo de reparo tecidual.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1900252 - BALDOMERO ANTONIO KATO DA SILVA
Presidente - 1637767 - MARCELO DE CARVALHO FILGUEIRAS
Interno - 1774210 - VINICIUS SAURA CARDOSO
Notícia cadastrada em: 08/06/2021 10:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 08/12/2022 09:07