Notícias

Banca de DEFESA: ALEX RODRIGUES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALEX RODRIGUES DE SOUSA
DATA: 25/02/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Sala virtual - google meet
TÍTULO: Qualidade de silagens de ração em mistura total contendo pornunça (manihot sp.) como fonte de forragem
PALAVRAS-CHAVES: degradabilidade ruminal; estabilidade aeróbia; forrageira nativa; perdas fermentativas; semiárido.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Conservação de Alimentos para Animais
RESUMO:

O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade de silagens de ração em mistura total (RMT) através da composição química, características fermentativas e microbiológicas, estabilidade aeróbia e degradabilidade ruminal “in situ” (DEG) da matéria seca (MS) e da fibra insolúvel em detergente neutro (FDN). O delineamento experimental adotado foi o delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições. Os tratamentos consistiram de quatro silagens de RMT em diferentes relações volumoso:concentrado (50:50; 60:40; 70:30; 80:20) e uma silagem constituída de 100% de Pornunça (V:C, 100:0). Para avaliação do perfil fermentativo, os silos foram abertos em 1, 15, 30, 60 e 90 dias de ensilagem. Para a avaliação da DEG da MS e da FDN, foram utilizados dois ovinos adultos em diferentes tempos de incubação (6, 12, 24, 48, 72 e 96 h). Todos os dados foram analisados usando modelos mistos e as médias foram comparadas pelo teste ajustado de Tukey (P <0,05). Os valores de pH variaram de 4,39 a 4,44 e as concentrações médias de N-NH3 foram de 4,57% (% do nitrogênio total; NT). As concentrações dos ácidos lático e propiônico foram maiores nas silagens com 50:50 e 60:40. A silagem com relação V:C de 70:30 apresentou a maior perda por gases (PG = 13,26%), enquanto que a silagem com 50:50 apresentou a menor PG (7,68%). As perdas por efluentes (PE) foram maiores nas silagens com 80:20 e 100:0 (23,60 e 25,60 kg/t matéria verde; MV) e menor (5,95 kg/t MV) na silagem com 50:50, fazendo com que esta silagem apresentasse a maior recuperação da MS (91,65%). Aos 90 dias de ensilagem não foram detectadas presença de leveduras no tratamento 60:40. As silagens não apresentaram quebra de estabilidade aeróbica após 96 horas de exposição ao oxigênio. A concentração de MS das silagens diminuiu à medida que aumentou a participação da Pornunça, com valores variando de 35,25 a 21,71% para as silagens com 50:50 e 100:0 , respectivamente. A concentração de proteína bruta (PB) da silagem com 80:20 (20,43%) foi superior às silagens com 50:50 (18,31%) e 100:0 (18,55%), no entanto, não deferiu das com 60:40 e 70:30. A silagem 50:50 apresentou maior concentração de carboidratos não fibrosos (CNF: 47,71%). Dessa forma as silagens confeccionadas com 50:50 (73,12%) e 60:40 (72,46%) apresentaram os maiores valores de NDT. A silagem com 50:50 apresentou maior fração solúvel (53,58%), e maiores DEG efetivas da MS; resultado inverso foi verificado para a silagem com 100:0. As silagens de RMT contendo a Pornunça como fonte de forragem proporcionou boa qualidade, se destacando as silagens com relação volumoso:concentrado de 50:50 e 60:40.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1712960 - MARCOS JACOME DE ARAUJO
Externo à Instituição - ALEXANDRE FERNANDES PERAZZO - UFMA
Externo à Instituição - HENRIQUE NUNES PARENTE - UFMA
Notícia cadastrada em: 04/02/2022 10:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 02:51