Notícias

Banca de DEFESA: DANYLO RAFHAEL COSTA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANYLO RAFHAEL COSTA SILVA
DATA: 13/09/2016
HORA: 10:00
LOCAL: Sala do Conselho Departamental, no Centro de Ciências da Saúde, situado na Avenida Frei Serafim
TÍTULO:

ESTUDO DO POLIMORFISMO DO GENE DO FATOR DECRESCIMENTO INSULINA SÍMILE TIPO 1 EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA


PALAVRAS-CHAVES:

Polimorfismo genético, IGF-1, Câncer de mama .


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Introdução: O câncer de mama é uma doença de etiologia desconhecida e multifatorial, que envolve fatores reprodutivos, ambientais e genéticos, tendo como principal fator de risco, as alterações genéticas. Estudos têm mostrado uma associação entre o polimorfismo do gene do Fator de Crescimento Insulina Símile 1 (IGF-1) com a proliferação celular e redução da apoptose, assim como o seu papel no crescimento e agressividade do câncer mamário. Duas variantes polimórficas do gene IGF-1 destacam-se na associação com o câncer de mama, rs6220 e rs7136446.  Objetivo: Avaliar a associação entre o polimorfismo de nucleotídeo único do gene IGF1 e o câncer de mama. Pacientes e Métodos: estudo transversal controlado, envolvendo 137 mulheres, conforme dimensionamento amostral, atendidas no Setor de Mastologia do Hospital Getúlio Vargas da Universidade Federal do Piauí e Hospital S. Marcos. As mulheres foram divididas em dois grupos: grupo I, caso (mulheres com câncer de mama, n=68) e grupo II, controle (mulheres sem câncer de mama, n=69). Uma pequena amostra de 3 ml de Sangue periférico foi coletado das participantes para estudo do DNA genômico extraído de leucócitos pela técnica de genotipagem por Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real (RT-PCR). Resultados: O genótipo CC (rs7136446) esteve presente em 4 mulheres (5,7%)  do grupo I (caso) e em 2 (2,8%) do grupo controle (p=0,67), enquanto a frequência do genótipo GG (rs6220) foi em 8 (11,4%)  mulheres do grupo I (caso) e em 5 (7,2%) das mulheres do grupo controle (p=0,75). Conclusão: No presente estudo não houve associação estatisticamente significante entre o polimorfismo do gene IGF-1 com o câncer de mama.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2572995 - AIRTON MENDES CONDE JUNIOR
Presidente - 423488 - BENEDITO BORGES DA SILVA
Externo ao Programa - 1792692 - LUIZ AYRTON SANTOS JUNIOR
Interno - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Notícia cadastrada em: 09/09/2016 18:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 22/05/2024 17:38