Notícias

Banca de DEFESA: LIVIO AMARAL BASTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LIVIO AMARAL BASTOS
DATA: 24/11/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: “ HOME CARE: PANORAMA DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR''
PALAVRAS-CHAVES: Agências de Assistência Domiciliar. Serviços de Assistência Domiciliar. Serviços Hospitalares de Assistência Domiciliar. Equipe de Assistência ao Paciente.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A terminologia “assistência domiciliar” vem do inglês home care e denota cuidado do lar é uma forma de assistência em saúde em expansão pelo Brasil despontando como uma nova possibilidade de trabalho dentro do setor. OBJETIVO: Analisar os serviços hospitalares de assistência domiciliar (Home Care) no município de Teresina – Piauí. MÉTODO: A pesquisa do tipo descritiva, prospectiva e transversal, os participantes da pesquisa foram os responsáveis por empresa de Home care no município de Teresina-Piauí, o critério de inclusão foi à empresa atuar no mercado no mínimo de 06 meses e estar inscrita no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES).Os dados foram coletados no período de junho à agosto de 2020 por meio de um questionário próprio elaborado pelo pesquisador o qual constava com 23 questões de múltipla escolha. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Piauí, com o parecer de nº 4 047199. Posteriormente foi realizado a análise descritiva exploratória com o uso das medidas de posição (média e mediana) e de dispersão (desvio padrão), para as variáveis quantitativas e frequência absoluta e relativa para as variáveis qualitativas. RESULTADOS: As empresas de Home care possuem no mínimo 5 anos de existência no mercado, dispõem de equipes multiprofissionais de saúde assistindo pacientes de todos os níveis de complexidade; trabalham simultaneamente para mais de uma operadora de saúde; fazem uso para classificar os pacientes de duas tabelas que são a ABEMID proposta pela Associação Brasileira de Empresas de Medicina Domiciliar e a NEAD proposta pelo Núcleo Nacional das Empresas de Assistência Domiciliar; têm como os maiores empecilhos na assistência em home care o desajuste familiar e condições socioeconômicas desfavoráveis encontradas nos lares dos pacientes. Taxa de óbito domiciliar e média de pacientes em internação domiciliar são os indicadores de desempenho mais utilizados pelas empresas com 37,5% e 25,0% respectivamente; já para avaliar a qualidade da assistência verifica-se que prevenção de lesão por pressão, prevenção dos erros de administração de medicamentos e prevenção de quedas são os mais utilizados pela prática de assistência domiciliar. CONCLUSÃO: A assistência domiciliar é uma realidade mundial de atenção à saúde onde tem como preceitos a diminuição das despesas hospitalares, das infecções hospitalares e a garantia de benefícios emocionais para o paciente. O cenário da assistência home care no município de Teresina está em crescimento e empresas privadas dominam o mercado e trabalham com uma equipe multiprofissional conjuntamente com os planos de saúde para a promoção de qualidade de vida aos pacientes no conforto do lar.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Interno - 1735254 - ANA LARISSA GOMES MACHADO
Externo ao Programa - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Externo ao Programa - 2499589 - CHRYSTIANY PLÁCIDO DE BRITO VIEIRA
Notícia cadastrada em: 22/11/2021 14:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 29/05/2024 23:28