Notícias

Banca de DEFESA: MARIA LÍCIA LOPES MORAIS ARAÚJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA LÍCIA LOPES MORAIS ARAÚJO
DATA: 29/08/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório Profª Francisca Elima Cavalcante Luz, no Departamento de Nutrição
TÍTULO:

Excesso de Peso, obesidade e sua correlação com a frequência do consumo alimentar em pré-escolares de Teresina- Piauí.


PALAVRAS-CHAVES:

Consumo alimentar, excesso de peso, pré-escolares.


PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
SUBÁREA: Análise Nutricional de População
RESUMO:

 A obesidade é atualmente caracterizada, como o acúmulo generalizado de gordura corporal decorrente de diversas influências, como:  genéticas, psicológicas e ambientais; associando-se também ao estilo de vida e aos hábitos alimentares, estando relacionada de forma direta à prática de atividade física. Diante do exposto, o presente trabalho visa conhecer a prevalência de excesso de peso, obesidade e sua correlação com a frequência de consumo de alimentos, a nível escolar e domiciliar, em pré-escolares assistidos em escola privada, de Teresina- Piauí. Trata-se de um Estudo Transversal Descritivo de base escolar, que foi realizado em escola da rede particular de ensino da cidade de Teresina entre o período de março a julho de 2013. O tamanho da população para entrar na pesquisa foi de 400 crianças. Essas crianças foram selecionadas de forma “probabilística” onde todas as 1.044 crianças matriculadas na Educação Infantil tiveram a chance de participar da pesquisa. Foi utilizada uma lista de números randomizados para identificar cada criança. Em seguida de cada série foi retirada uma amostra de 110 crianças, estimando-se perdas. Para análise estatística, foi criado um banco de dados no Programa Statistical Package for the Social Sciences, version 13,0. Os dados foram apresentados por meio de tabelas e figuras. Para verificar a diferença entre as médias das idades entre os sexos foi utilizado o teste t de Student e para verificar a associação entre as variáveis nominais teste do Qui-quadrado. O nível de significância estatística adotado foi de 5. Concluiu-se que a prevalência de risco de excesso de peso e obesidade em pré-escolares foi elevada, sem ocorrer diferença significativa relacionada ao sexo ou idade das crianças estudadas. Ocorrendo uma correlação  com a alta frequência de  consumo de alimentos, como: carboidratos simples, açúcares e gorduras.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1642393 - KAROLINE DE MACEDO GONCALVES FROTA
Interno - 1167593 - KEILA REJANE OLIVEIRA GOMES
Externo à Instituição - MARIA DE ELIZABETH MACHADO PINTO-E SILVA - USP
Presidente - 1167746 - REGILDA SARAIVA DOS REIS MOREIRA ARAUJO
Notícia cadastrada em: 18/08/2014 15:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 30/05/2024 01:10