Notícias

Banca de DEFESA: LORENA MARIA DE MOURA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LORENA MARIA DE MOURA SANTOS
DATA: 18/10/2012
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de video Newton Lopes - CCHL
TÍTULO:

O conceito de comunidade moral na filosofia de Alasdair MacIntyre


PALAVRAS-CHAVES:

Comunidade moral, Alasdair MacIntyre, Virtudes, Praticas Sociais, Tradição


PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Filosofia
SUBÁREA: Ética
RESUMO:
Esta dissertação busca apresentar o conceito de comunidade na
filosofia moral de Alasdair MacIntyre, analisando seu desenvolvimento
nas obras After Virtue (1981), Justiça de Quem? Qual racionalidade?
(2008) Three Rival Versions of moral Enquiry (1990) e Dependent
Rational Animals (1999). A análise desses livros visa explicitar a
articulação entre a comunidade e conceitos importantes em sua ética:
as virtudes, práticas, tradição e unidade narrativa da vida humana. A
presença da comunidade proporciona o contexto fundamental para o
desenvolvimento e compreensão da moralidade. MacIntyre, em sua crítica
à moralidade contemporânea, defenderá a restruturação das comunidades
como uma alternativa aos males encontrados na modernidade, que foi em
parte causados pelo abandono da tradição teleológica e pelo fracasso
do Iluminismo, como também pelo advento do Estado Nação e das
economias de mercado. MacIntyre insiste que as virtudes só poderão ter
um desenvolvimento eficaz em comunidades locais e pequenas que estão
nas margens do moderno Estado Nação. Para tanto, apresentaremos o
modelo de sociabilidade que MacIntyre pensa ser ideal para a aquisição
e o exercício das virtudes. Essas comunidades devem estar pautadas no
bem comum, na deliberação racional compartilhada, nas relações de
reciprocidade, desenvolvimento das virtudes da justa generosidade, e
no reconhecimento da vulnerabilidade e incapacidade humanas. Com isso,
MacIntyre deseja pensar numa alternativa contrária ao Estado Nação
moderno e suas ordens liberais, e assim priorizar uma política mais
participativa e consciente.

MEMBROS DA BANCA:
Interno - 216.141.643-04 - ALDIR ARAUJO CARVALHO FILHO - UFMA
Presidente - 423660 - HELDER BUENOS AIRES DE CARVALHO
Externo à Instituição - ODILIO ALVES AGUIAR - UFC
Notícia cadastrada em: 09/10/2012 10:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 07/08/2022 16:44