Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ITALO JOSÉ ZACARIAS PORTELA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ITALO JOSÉ ZACARIAS PORTELA
DATA: 18/09/2019
HORA: 17:00
LOCAL: Sala de aulas do Programa de Pós-graduação em Odontologia
TÍTULO: ANÁLISE DE MEDIDAS DE SAÚDE PÚBLICA PARA O CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA
PALAVRAS-CHAVES: Cárie Dentária, Fluoretação, Abastecimento de água
PÁGINAS: 39
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

A fluoretação das águas de abastecimento público é uma importante medida para o controle da cárie dentária, sendo considerada uma das dez mais relevantes conquistas para a saúde pública do século XX. A lei 6050 de 24 de maio de 1974 tornou obrigatória a fluoretação de todos os municípios brasileiros que tenham Estações de Tratamento de Água (ETA). Em âmbito nacional o Ministério da Saúde admite uma cobertura de aproximadamente 60% da população brasileira, mas evidencia profundas desigualdades regionais. No Piauí, dos 224 municípios do estado, apenas três possuem fluoretação da água de abastecimento público. A capital Teresina teve sua fluoretação iniciada em 1978. Em 1986, a fluoretação foi interrompida, sendo reiniciada em agosto de 1997, juntamente com outros dois municípios: Floriano e Parnaíba. Mesmo com incentivos federais por meio da Política Nacional de Saúde Bucal não houve incremento de municípios piauienses com fluoretação de águas. Este estudo tem por objetivo analisar o conhecimento de gestores municipais sobre medidas de saúde pública para o controle da cárie dentária na macrorregião de saúde “Litoral” do Piauí. Trata-se de uma pesquisa qualitativa em saúde a ser realizada nas Regiões de Saúde (RS) da Planície Litorânea e Território dos Cocais que compõem a Macrorregião de Saúde (MRS) Litoral. Serão incluídos os municípios com população acima de quinze mil habitantes, uma vez que reúnem elementos importantes para a implantação de um sistema de fluoretação das águas de abastecimento público. Dessa forma, contaremos com quatro municípios da Planície Litorânea e sete municípios da Região de Saúde dos Cocais. Para a coleta de dados, utilizaremos entrevistas semi-estruturada, que serão analisadas em blocos de três, intercaladas ao processo imersão em campo, sem a utilização de nenhum software profissional a partir do referencial teórico de Paul Ricoeur.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2073270 - FERNANDO JOSÉ GUEDES DA SILVA JÚNIOR
Externo ao Programa - 2059016 - JAQUELINE CARVALHO E SILVA SALES
Presidente - 1301059 - MARCOELI SILVA DE MOURA
Externo à Instituição - MARCOS BRITTO CORREA - UFPel
Notícia cadastrada em: 29/08/2019 14:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 27/09/2022 09:28